23.3 C
Rio Branco
16 setembro 2021 4:20 am

Idosa aguarda 1h30 em hospital no AC e volta para casa sem atendimento e filho desabafa: “As pessoas não vão a um hospital fazer turismo”

POR REDAÇÃO CONTILNET

Última atualização em 20/08/2021 20:50

O acreano Aldoni Albano Ponciano usou seu perfil na internet para fazer um desabafo contra a saúde pública no município de Tarauacá, onde vive.

Segundo Ponciano, ele levou a sua mãe ao Hospital Dr. Sansão Gomes,  próximo às 18 horas desta sexta-feira (20) onde alega ter passado “mais de uma hora e meia aguardando por um atendimento que não aconteceu”.

Em sua postagem, ele diz que o motivo foi que o caso de sua genitora não teve sua saúde classificada como ‘urgência’, mesmo se tratando de uma idosa de 71 anos. Segundo ele, o caso relatado não foi o único na registrado na unidade.

“Uma senhora e seu esposo estavam lá bem antes de nós, com uma criancinha com suspeita de fratura no pulso, chorando, e também ainda não havia sido atendida, porque também não foi classificada como caso de urgência”, detalha.

Nesta 1 hora e meia em que ficou na unidade de saúde, apenas uma pessoa foi atendida. “E durante todo esse tempo em que estivemos lá, foi atendida uma única pessoa, se bem me lembro. Isso é revoltante. As pessoas não vão a um hospital fazer turismo. Elas vão porque necessitam de atendimentos. Sejam mais humanos. São seres humanos em busca de ajuda”, desabafou.

O acreano pediu ajuda às autoridades. “É justo ter que esperar 4h por um atendimento??? Falta de respeito para com os seus semelhantes”, finalizou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.