24.3 C
Rio Branco
2 setembro 2021 7:04 am

Idoso de 60 anos cai no ‘Golpe da Novinha’, troca ‘nudes’ e perde R$ 2 mil

POR PLANETA FOLHA

A modalidade de crimes virtuais tem inovado de forma expressiva nos últimos tempos, fazendo vítimas em praticamente todos os lugares do país.

Na cidade de Juína, um senhor de 60 anos de idade foi vítima de mais um golpe aplicado por membros de uma quadrilha que usa o prefixo de telefone (51) para manter contatos e exigir quantias em dinheiro.

Em conversa com o Juína News, o investigador de polícia Dito Costa falou que no caso do idoso juinense, uma pessoa entrou em contato com ele se passando por uma autoridade policial e o acusou de estar assediando uma adolescente de 14 anos de idade.

A audácia dos bandidos foi extrema, exigindo que caso o idoso não efetuasse um depósito no valor de R$ 2.000.00, o mesmo teria que acertar as contas com a justiça e seus familiares iriam ficar sabendo o idoso havia trocado fotos íntimas com uma suposta jovem, e caso não depositasse o valor acima citado, as imagens seriam divulgadas.

Para dar mais veracidade, os bandidos enviaram um termo falsificado de fiança, sendo este um documento inexistente a uma pessoa que nunca foi presa ou detida, entretanto, o idoso que temendo ter o nome e a imagem envolvida em escândalo efetuou o pagamento do valor exigido.

O policial Dito Costa fez um alerta para a sociedade sobre essas e outras modalidades de golpes que vem ocorrendo com frequência na cidade de Juína, e quase todas envolvendo o prefixo DDD 51, que segundo o que apuramos é da capital Porto Alegre no Rio Grande Do Sul e região metropolitana daquele estado, e que são usados por presidiários com acesso a celulares dentro das celas, sendo que alguns números de telefones já foram identificados pela polícia.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.