30.3 C
Rio Branco
18 setembro 2021 11:07 am

Manifestantes fazem atos a favor de Bolsonaro e do voto impresso nas eleições de 2022

Alguns protestos tiveram início ainda na manhã de domingo (1) com manifestantes carregando faixas com mensagens sobre pedido de voto impresso e declarações em apoio ao presidente

POR G1

Última atualização em 01/08/2021 16:45

Neste domingo (1), manifestantes foram às ruas em algumas cidades do país em atos a favor do voto impresso e do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Alguns protestos tiveram início ainda pela manhã. A maioria dos manifestantes usava roupas nas cores verde e amarela e carregava cartazes e faixas com mensagens sobre pedido de voto impresso nas eleições de 2022 e com declarações em apoio a Bolsonaro.

Houve também registros de faixas com mensagens inconstitucionais, como pedidos de destituição de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Os protestos seguiram com manifestantes a pé, de carro e de moto. Até as 18h, haviam sido registradas manifestações em pelo menos 50 municípios (sendo 25 capitais), localizados em 24 estados e no Distrito Federal.

Em maio, quando a urna eletrônica completou 25 anos, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que ela garante eleições seguras e transparentes.

“As urnas eletrônicas ajudaram a superar os ciclos da vida brasileira que vêm desde a República Velha, em que as fraudes se acumulavam”, declarou Barroso.

Um mês depois, ele repetiu as afirmações a um grupo de deputados e disse que as eleições no Brasil são “seguras, transparentes e auditáveis”. “Não é para mudar a convicção e compromissos políticos de cada um. É apenas uma reunião de transparência para demonstrar que tudo aqui é feito de maneira aberta e fiscalizável.”

Em outra ocasião, Barroso afirmou: “A impressão do voto vai diminuir a segurança na votação. Porque vai se criar um objeto menos seguro na auditoria”.

A impressão do voto, já julgada inconstitucional pelo STF, é defendida pelo presidente Jair Bolsonaro.

Leia mais no G1, clicando AQUI.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.