35.3 C
Rio Branco
8 setembro 2021 4:04 pm

Volta às aulas: médico diz que vacinação de adolescentes contra Covid-19 deve ser urgente

"Deve ser tomada com urgência essa medida. Quanto mais vacinados, melhor será a barreira contra o vírus", explicou o médico

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 01/08/2021 14:26

O Ministério da Saúde já anunciou na última terça-feira (27) que adolescentes de 12 a 17 anos serão incluídos no Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a covid-19. A decisão foi comemorada pela Prefeitura de Rio Branco, que já estava encaminhando a proposta ao órgão, e pelos profissionais de Saúde.

SAIBA MAIS: MS autoriza e Rio Branco deve começar a vacinar adolescentes entre 12 e 17 anos na próxima semana

Em entrevista ao ContilNet, o médico e imunologista Guilherme Pulici disse que a medida deve ser tomada com urgência para frear a pandemia e o avanço da variante Delta no Estado.

“Deve ser tomada com urgência essa medida. Quanto mais vacinados, melhor será a barreira contra o vírus”, explicou.

Guilherme também destacou que, além da vacinação dos adolescentes, as outras medidas de prevenção, como o distanciamento social, o uso de máscaras e de álcool, devem ajudar no retorno às aulas, programadas para 8 de setembro no Acre, sem que maiores prejuízos aconteçam.

“Creio que as medidas de prevenção, além da vacina, sejam capazes de permitir o retorno gradativo às aulas. O prejuízo às crianças e adolescentes já é enorme e verificamos mais facilidade nesse grupo em adotar as medidas de etiqueta respiratória”, continuou.

“Não podemos vacilar com a variante delta rompendo fronteiras dos países mais imunizados do mundo, como os Estados Unidos e Reino Unido. Há indícios de recrudescimento da pandemia nesses países que já apertaram os cintos e aumentaram medidas restritivas. Tivemos a experiência da segunda onda e adquirimos maturidade suficiente pra agirmos da maneira correta. Caso contrário, seremos nós mesmos os maiores prejudicados”, finalizou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.