28.3 C
Rio Branco
14 setembro 2021 10:48 pm

Ministro de Infraestrutura garante R$ 160 milhões para obras em MS

Tarcísio Gomes de Freitas participou da visita técnica às obras de pavimentação do primeiro trecho da BR-419, entre Rio Verde e Rio Negro

POR CORREIO DO ESTADO

Última atualização em 10/08/2021 14:59

O ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, garantiu os recursos, equivalente a R$ 160 milhões no orçamento da União de 2022 para execução de melhorias nas BRs 419 e 463/MS, durante sua agenda em Campo Grande.

A primeira ordem será destinada às obras da Travessia Urbana de Dourados, na BR-463/MS, visando melhorar o acesso ao aeroporto regional da cidade.

A obra de R$ 41,4 milhões vai eliminar pontos críticos em trecho com extensão total de 5,5 quilômetros com prazo estimado de 18 meses. O projeto prevê a construção de dois novos viadutos.

Já a segunda ordem de serviço garante a elaboração dos projetos básico e executivo de engenharia, bem como a execução das obras de implantação e pavimentação, de 55,53 quilômetros do Lote 4 da BR-419/MS. O investimento do Governo Federal será de R$ 118.581.850,10 e a previsão de conclusão é em 2023.

Juntamento com o governador do Estado, Reinaldo Azambuja, o ministro participou de uma visita técnica às obras de pavimentação do primeiro trecho da BR-419, entre Rio Verde e Rio Negro, a onde destacou os investimentos do governo federal em novos eixos rodoviários que se integram à malha estadual e encurtam caminhos à Rota Bioceânica (Brasil-Chile), através de Porto Murtinho.

Últimas Notícias

“Esse alinhamento forte entre os governos federal e estadual está se materializando aqui nesta obra da maior importância, integrando regiões em franco desenvolvimento”, citou o ministro.

“Uma parceria que se traduz em outros investimentos de grande porte, como a melhoria dos aeroportos de Coxim, Dourados e Bonito, os contornos rodoviários de Campo Grande e Três Lagoas e a viabilização dos eixos ferroviários da Malha Oeste e Ferroeste”, completou.

A visita técnica realizada no entroncamento da BR-419 com a MS-080, em Rio Negro, contou com a presença da ministra de Agricultura e Desenvolvimento Agrário, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias; dos senadores Nelsinho Trad e Soraya Thronicke; secretários estaduais Eduardo Riedel (Infraestrutura) e Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar); diretores do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e lideranças políticas da região.

Para o governador do Estado, Reinaldo Azambuja que também acompanhava a visita técnica, a obra é um marco para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul.

“Sinto-me muito feliz por acompanhar o canteiro de uma grande obra estruturante, que tem uma importância ímpar para o desenvolvimento do Estado e de uma região carente de logística, beneficiando a uma nova fronteira agrícola que se expande”, disse o governador.

O primeiro trecho da BR-419 em execução pela empreiteira Caiapó teve investimento de R$ 143.897.847,54 e corresponde a 52 km de pavimento, entre Rio Verde e Rio Negro, dos quais 36 km estão concluídos.

Das 11 pontes de concreto projetadas nesse lote, sete foram entregues. A ordem de serviço dada pelo ministro de Infraestrutura contempla o quarto lote, entre Aquidauana e o Rio Taboco (55,5 km), que deverá ser iniciado em março de 2022. Os outros dois lotes somam 127 km, sem previsão de execução.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.