28.3 C
Rio Branco
1 setembro 2021 9:13 pm

Morre João Calvo, um dos mais famosos pilotos do AC: “Foi voar mais perto de Deus”

A causa da morte não foi divulgada. João havia vencido a Covid-19 em fevereiro deste ano, após 40 dias internado

POR REDAÇÃO CONTILNET

Um dos mais famosos pilotos de avião do Acre, o aposentado João Calvo, de 72 anos, morreu nesta sexta-feira (27). Ele havia vencido a Covid-19 em fevereiro deste ano, quando ficou 40 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Into, em Rio Branco.

A causa da morte não foi divulgada, mas nas redes sociais, a sobrinha do piloto lamentou sua partida: “Tio João Calvo foi voar mais perto de Deus”, disse. Nos comentários muitos amigos da família se entristeceram com a notícia: “Que Deus receba ele em sua glória”, desejou um, “João Bó era um grande Piloto, descanse em paz”, declarou outro.

O filho dele também se manifestou: “Meu herói, meu exemplo, foi morar com Deus. Te amo para sempre, meu pai”, escreveu nas redes sociais.

João havia vencido a Covid-19 no início do ano. Na foto, dia em que o piloto recebeu alta do Into, onde passou 40 dias internado/Foto: ContilNet

João Calvo, nasceu em 28 de abril de 1948, no município de Regente Feijó, interior de São Paulo. Viveu sua infância e adolescência em Orizona, interior do Paraná. Chegou ao Acre na década de 70 com o irmão Pedro Calvo, com intuito de plantar café, mas a aviação se tornou sua paixão. Trabalhou por cerca de 40 anos cortando os céus da Amazônia nos famosos táxis-aéreos, com total aproximado de 20.000 horas de voo.

João Calvo, na época em que era piloto/Foto: arquivo de família

Ele também é conhecido como piloto João Bó. Calvo deixa 6 filhos e 6 netos.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.