23.3 C
Rio Branco
25 setembro 2021 12:32 am

Morte de ex-prefeito no AC completa 3 meses e esposa lamenta impunidade: “Quem mandou matar Gedeon?”

"Completam-se 90 dias meu coração está sangrando por dentro ao saber que até agora não sabemos o que está acontecendo", lamenta a viúva

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 21/08/2021 22:08

Na sexta-feira (20), a morte do ex-prefeito de Plácido de Castro, Gedeon Barros, de 52 anos, em Rio Branco, completou três meses. Até o momento, ninguém foi preso.

Ao lembrar a triste data em que o esposo foi morto com disparos de arma de fogo na cabeça. A esposa do ex-prefeito, Lúcia Barros, disse que seu coração ‘está sangrando’, justamente por até o momento, os responsáveis por tirar a vida do pai de seu filho ainda não estão respondendo pelo crime cometido.

“Hoje completam-se 90 dias meu coração está sangrando por dentro ao saber que até agora não sabemos o que está acontecendo, familiares aos prantos, outros já adoeceram esperando por uma resposta e nada”.

Aflita pela impunidade, Lúcia questiona:  “A pergunta é, quem mandou matar Gedeon? porque mandou matar Gedeon?”.

O ex-prefeito de Plácido de castro foi assassinado na manhã de uma quinta-feira (20), na BR-364, na rotatória da Corrente, no bairro Santa Inês, região do Segundo Distrito de Rio Branco Dois homens chegaram em uma moto e fizeram vários disparos contra Barros. Seus executores fugiram em seguida para o bairro Belo Jardim e dese então estão em liberdade.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.