33.5 C
Rio Branco
17 setembro 2021 6:00 pm

MPF investiga aumento de agrotóxicos no Brasil durante governo de Jair Bolsonaro

Governo Bolsonaro liberou 403 tipos em pouco mais de dois anos e há riscos para a saúde dos brasileiros

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

Última atualização em 04/08/2021 12:15

O Ministério Público Federal (MPF) abriu, em Brasília, nesta quarta-feira (03), inquérito civil público (ACP) em relação ao aumento da quantidade de agrotóxicos liberada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) desde 2019, início do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A investigação será realizada pela Procuradoria da República no Distrito Federal (PRDF), que deverá apurar, ainda, as implicações na saúde, segurança alimentar e no meio ambiente.

Dados do Ministério da Agricultura analisados mostram que, em 2020, o governo federal liberou 493 agrotóxicos. Isso significa o maior número para um ano de toda a série histórica disponibilizada pela pasta, iniciada em 2000.

Em 2019, o governo já havia batido recorde ao registrar 474 novos pesticidas e substâncias para a agricultura. De janeiro a maio deste ano, o Mapa publicou a aprovação de 170 agrotóxicos. Isso significa que 1.137 novos compostos químicos tiveram o uso autorizado no país somente no governo Bolsonaro.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.