41.7 C
Rio Branco
21 setembro 2021 11:49 am

No AC, mãe de gêmeas Maiara e Maraisa que dormiam em caixa de papelão precisa de ajuda

Renda do marido advém de 'bicos' e família sobrevive com aposentadoria de filha com deficiência e da venda de guloseimas

POR RENATO MENEZES, DO CONTILNET

Última atualização em 28/08/2021 16:13

Apesar do número de doações que Raimunda Raulino, de 33 anos, que deu à luz às gêmeas Maiara e Maraísa no dia 02 de julho em Rio Branco (AC), recebeu após a ampla divulgação do caso, a mãe das meninas e de mais sete filhos ainda segue precisando de ajuda financeira para custear gastos com alimentação e moradia.

A dona de casa, que trabalha vendendo bombons, cigarros e outros itens típicos de banquinhas, chamou atenção de populares ao ser vista trabalhando, ao lado de uma casa lotérica, com as recém-nascidas que dormiam em uma cama improvisada dentro de uma caixinha de papelão. Ela mora com o marido e os nove filhos em uma casa alugada de dois cômodos, localizada no bairro Cidade Nova, no Segundo Distrito da capital.

A repercussão da história fez com que as pessoas se solidarizassem e doassem carrinhos de bebê, bebê-conforto, fraldas, roupas infantis, alimentos e outros mantimentos. Contudo, a situação da mãe, que se desdobra entre casa e trabalho, ainda é bem complicada, visto que o marido continua desempregado e a renda que ela consegue através da venda destes itens não passa de R$20 reais por dia.

Este quantitativo se complementa com um benefício que dona Raimunda recebe da aposentadoria de uma filha que possui deficiência. No entanto, leite e outros alimentos acabam faltando em decorrência da falta de dinheiro para compra-los.

Como a dona de casa não tinha cartão e não possui condições de se deslocar para receber as doações, vizinhos se solidarizaram com a história da mulher e resolveram criar uma conta bancária para que as doações pudessem chegar até ela de uma maneira mais prática, principalmente para aquelas pessoas que também não sabem onde ela está localizada.

Para doar qualquer valor ou itens não-perecíveis a Raimunda Raulino, basta entrar em contato diretamente com ela através do número (68) 99204-0689 ou transferir para a conta no nome de “Raimunda da C. Raulino”.

DADOS:
Caixa Econômica Federal
– Agência: 0534
– Operação: 013
– Conta: 143672-0

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.