27.2 C
Rio Branco
17 setembro 2021 11:42 pm

Para ser reconduzido à PGR, Aras liga para senadores e ignora quem pediu processo contra ele

Aras reforçou o apelo a alguns senadores já visitados e também procurou os poucos que ainda restavam, depois de semanas de visitas ao Senado

POR CNN BRASIL

Última atualização em 23/08/2021 12:40

O procurador-geral da República, Augusto Aras, faz os últimos esforços para ser reconduzido ao cargo e reservou a segunda-feira (23) para ligar e pedir voto para senadores, com exceção de Alessandro Vieira e Fabiano Contarato, que pediram para Aras ser investigado pelo Supremo Tribunal Federal por prevaricação. A sabatina na Comissão de Constituição e Justiça está marcada para esta terça-feira (24).

Nas conversas, de acordo com relatos feitos à CNN, Aras demonstrou confiança e enfatizou que busca apoio para o cargo ao qual foi indicado, o de procurador-geral, sem pensar em aspirações a uma vaga no Supremo Tribunal Federal. Ao contrário de André Mendonça, indicado ao STF, Aras conta com uma situação mais confortável para aprovação.

“Não só votarei como estarei trabalhando para que ele seja reconduzido ao cargo. Ele tem procurado fazer o trabalho dele e cumpriu o que disse que faria em seu primeiro mandato. Por isso, merece a recondução”, afirmou à CNN o senador Welington Fagundes (PL-MT), líder de bloco partidário.

Aras reforçou o apelo a alguns senadores já visitados e também procurou os poucos que ainda restavam, depois de semanas de visitas ao Senado. Na semana passada, ele conversou em uma mesma reunião com a cúpula da CPI da Pandemia, o presidente Omar Aziz, o vice Randolfe Rodrigues e o relator Renan Calheiros.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.