23.3 C
Rio Branco
17 setembro 2021 9:31 am

Polícia dá a palavra final sobre mistério na morte de Tom Veiga, o Louro José

O relatório da Polícia Civil do Rio de Janeiro, encaminhado ao Ministério Público, traz conclusões sobre a investigação.

POR TV PRIME

Última atualização em 09/08/2021 16:49

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro se manifestou para arquivar o inquérito instaurado para averiguar as circunstâncias da morte do humorista Tom Veiga, intérprete do papagaio Louro José, que acompanhava Ana Maria Braga no programa Mais Você (TV Globo). A proposta foi apresentada ao Ministério Público, que será o responsável por dar a palavra final antes da judicialização do caso.

Neilton José Veiga Junior, como era o seu nome de batismo, faleceu no dia 1º de novembro de 2020. O corpo foi encontrado no apartamento do artista, localizado na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O delegado da 16ª Delegacia de Polícia, Paulo Roberto Mendes Junior, em seu relatório final, alega que estão “esgotadas todas as diligências possíveis, sem existirem outros indivíduos a serem intimados para depor, ou qualquer outro trabalho de Polícia Judiciária que pudesse, pelo menos em tese, trazer algum subsídio de relevância à apuração da presente investigação”.

O inquérito policial foi instaurado após amigos e familiares de Tom Veiga suspeitarem das circunstâncias do falecimento, dada a maneira repentina com a qual se deu. Todavia, o resultado das investigações aponta inexistência de suspeitas.

A investigação conduzida pela Polícia Civil do Rio de Janeiro considerou a empresa privada que realizou a instalação de um circuito interno de segurança, com câmeras no apartamento do intérprete de Louro José, bem como os apontamentos resultantes do laudo feito pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), inexistindo quaisquer indícios de violência.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.