35.3 C
Rio Branco
8 setembro 2021 4:28 pm

Reforma do Imposto de Renda é “relativamente simples”, avalia Guedes

Ministro diz que prefere não levar adiante a reforma se forem feitas mudanças que piorem o sistema atual

POR METRÓPOLES

Última atualização em 20/08/2021 16:57

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a reforma do Imposto de Renda proposta pelo governo é “relativamente simples”. A avaliação foi feita nesta sexta-feira (20/8), durante audiência no Senado Federal.

A declaração ocorreu no momento em que o chefe da pasta econômica defendia a cobrança de impostos sobre dividendos. A ideia do Executivo é estipular uma alíquota de 20%. Essa tributação não existe no país desde 1995. A possibilidade de ser cobrada, agora, incomoda grandes empresários.

“Para quem está aumentando [tributação]? Para lucros e dividendos. Se pagou na empresa, não pagou nada, pagou zero. Quem pagou foi a sua empresa. No Brasil, está cheio de gente rica e empresa pobre. O Brasil tem empresas extraordinárias, que sobreviveram a esse manicômio tributário [nas últimas décadas]”, afirmou Guedes.

O ministro também defendeu alterações nas regras que gerem mais eficiência no sistema tributário, dentro de um compromisso com a responsabilidade fiscal.

“Não pode ter aumento de arrecadação [da carga tributária como um todo], prefiro ir pro outro lado, correr o risco perder um pouco de arrecadação”, declarou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.