27.3 C
Rio Branco
19 setembro 2021 12:23 am

Sem aspiração na Série D, Galo perde para o Castanhal-PA

O Atlético Acreano colecionou sua sétima derrota na disputa do Campeonato Brasileiro da Série D-2021

POR MANOEL FAÇANHA, NA MARCA DA CAL

Última atualização em 02/08/2021 11:12

O Atlético Acreano colecionou sua sétima derrota na disputa do Campeonato Brasileiro da Série D-2021.

Neste domingo (1º), no estádio Florestão, pela nona rodada do grupo 1, o time celeste caiu para o invicto e líder Castanhal por 1 a 0, gol de Willian Fazendinha, aos 20 minutos do primeiro tempo. O resultado conquistado no Acre colocou o Japiim na liderança geral entre todos os grupos.

Como fica

Com 23 pontos ganhos, em nove jogos disputados – sete vitórias e dois empates, o Castanhal lidera com folga o grupo 1 com quatro pontos de vantagem para o São Raimundo-RR, vice-líder. O Atlético-AC segue na última posição com apenas quatro pontos ganhos em 27 disputados.

Próximos jogos

Conforme a tabela dos confrontos, os dois times terão compromissos somente no próximo domingo (18). O Atlético-AC visita o Penarol-AM, no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara, às 16h (de Brasília). Por outro lado, o Castanhal volta a jogar fora de casa, mas agora contra o Ypiranga-AP, no estádio Zerão, em Macapá, a partir das 18h (de Brasília).

Jogo

Os primeiros minutos de jogo foram bastante equilibrados. O time paraense tinha mais posse de bola, mas o Galo Carijó foi que teve duas grandes oportunidades de gols perdidas antes dos primeiros 20 minutos de partida. Ciel, na grande área, finalizou e o goleiro Axel fez excelente defesa, aos 16 minutos. Um minuto depois, o atacante celeste Daniego chutou fraco na frente do gol do Japiim para a defesa do goleiro Axel.

Jogadores do Castanhal comemoram gol solitário na vitória contra o Galo Carijó. Foto/Manoel Façanha.

E a máxima do futebol do que não faz leva resolveu entrar em ação aos 20 minutos. Willian Fazendinha recebeu livre de marcação na cara do gol celeste e mandou pra rede da baliza de entrada do Florestão.

Após a parada técnica, o Galo que já havia sentido o gol do Japiim, retornou sonolento e quase levou o segundo gol, após sobra de bola pela esquerda com Pecel acertando o pé da trave do goleiro Luiz Miller.

Nos acréscimos, o Galo quase deixou tudo igualou no placar. Léo cruzou para Lelo. O zagueiro celeste ganhou no alto e cabeceou para o chão, mas o goleiro Axel fez outra grande defesa na partida.

O goleiro Axel fez grande defesa numa testado do zagueiro celeste Lelo. Foto/Manoel Façanha.

Com mais uma derrota se encaminhando na competição, o técnico celeste Zé Marco fez algumas mudanças na etapa complementar de partida buscando explorar os lados do campo, principalmente o direito, mas de pouco adiantou, pois o jogo era bastante burocrático. Os visitantes buscavam administrar o resultado e o Galo Carijó não mostrava poder de reação suficiente para buscar o empate.

O técnico Zé Marco após instruções para o jogadores do Galo Carijó. Foto/Manoel Façanha
Na segunda etapa, o goleiro Axel quase não trabalhou na vitória contra o Atlético-AC. Foto/Manoel Façanha

A melhor chance de gol na etapa final saiu de bola longa para a infiltração do atacante Pecel, mas o jogador do Japiim, na cara do goleiro celeste Luiz Miller, finalizou para fora do gol.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.