27.3 C
Rio Branco
21 setembro 2021 10:15 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Sete pessoas são detidas para apuração de suposto abuso sexual e morte de criança indígena

A criança foi encontrada morta em uma pedreira, em Dourados (MS). O corpo da vítima segue no Instituto Médico Legal para o exame necroscópico.

POR G1

Ao todo, sete pessoas foram detidas pelo Serviço de Investigação Geral (SIG), da Polícia Civil de Dourados (MS), para a apuração do suposto caso de estupro e a morte de uma criança, de 11 anos, que foi encontrada morta aos pés de uma pedreira, na cidade ao sul do estado.

O delegado Erasmo Cubas, que está responsável pelo caso, disse que entre as sete pessoas detidas na delegacia há suspeitos, ao menos três, e outras testemunhas.

Cubas não confirmou se a criança foi estuprada, pois o corpo da vítima está no Instituto Médico Legal (IML), passando por exame necroscópico.

Segundo as primeiras informações, a suspeita inicial é de que a vítima tenha sido estuprada e depois morta. Conforme o Conselho Tutelar, a menina morava na aldeia Bororó.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.