27.3 C
Rio Branco
15 setembro 2021 6:14 pm

Vítima de um câncer, morre Altair Oliveira, ex-craque de futsal acreano

POR NA MARCA DA CAL/ MANOEL FAÇANHA

Última atualização em 28/08/2021 11:36

O mundo futebolístico acreano perdeu nas primeiras horas desta sexta-feira (27), na cidade de São Paulo, o ex-artilheiro Altair de Oliveira, 57 anos, vítima de um câncer na vértebra.

Altair era funcionário do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), mas antes, fez parte das fileiras do Banco do Estado do Acre (Banacre).

Jogador técnico, rápido e exímio finalizador, tentou a sorte na carreira futebolística primeiramente na lateral esquerda da equipe de juvenis do Juventus, isso nos primeiros anos de 1980, quando o saudoso professor José Aparecido Pereira do Santos, o Nino, era o comandante da base do Atlético Clube Juventus. Neste mesmo período, o Altair figurou na Seleção Acreana de Juniores-1982.

.Seleção Acreana de Juniores – 1982. Em pé, da esquerda para a direita: Altair, Delcir, Álvaro, Isaac, Kiko, Klowsbey, Mauricinho, Heleno e Fran. Agachados: Zito, Vidal, Valtinho, Gerson, Paulo Henrique, Antônio Júlio e Caçula. Foto/Acervo Francisco Dandão.

Sem espaço no Juventus e com a vida dedicada aos estudos, o baixinho Altair optou pela vida de bancário, precisamente nas fileiras de empregados do Banco do Estado do Acre (Banacre). Neste mesmo período, o ex-jogador fez parte de grandes equipes de futsal do estado, muitas delas vestindo a camisa do próprio Banacre.

Carreira “dupla” no Banacre

Banacre – 1986. Em pé, da esquerda para a direita: David Abugoche, Braña, Jorge, Amarildo, Nande, Nelsinho e Paulo Facão. Agachados: Medeirinho, Altair, Bé, Dô e Casquinha. Foto/Acervo Celso Ronaldo.

No futebol amador, Altair brilhou na equipe do Tarauacá, agremiação que tinha várias figuras da família craveiro, como o meia-atacante Sandro, também ex-bancário do Banacre, e entre outros. O ex-jogador também vestiu a camisa do Estação durante vários campeonatos organizados pela Liga Amadora de Rio Branco.

Gráfica Estrela – 1990. Em pé, da esquerda para a direita: Zé Maria (roupeiro), Davi Abugoche (técnico), Joneudes (preparador físico), Hudson, Nande, Casquinha, Ari, Pitiú, Paulo e Dô. Agachados: Zé Ambrósio (massagista), Edson Paiva, Pedrinho, Artêmio, Paulo Henrique, Altair e Carlinhos Bigu. Foto/Acervo Celso Ronaldo.

Entre as competições as quais disputou, o artilheiro brilhou por mais de uma década nos campeonatos internos do Banacre, onde não somente colecionou inúmeros títulos, mas sempre esteve entre principais artilheiros da competição.

No início da década de 1990, a convite do Sindicato dos Bancários do Acre, ele fez parte da equipe que disputou o Campeonato Acreano de Futsal de 1992. Um timaço que era formado por Agamenon, Alcides, Nande, Waltinho, Dim, Ley, Jorge Tijolo, Sandro Craveiro, César Limão, Magide, Leitão, Rômulo e entre outros bons jogadores que eram comandados pelo professor Nino. Altair fez também parte do time campeão de futsal do Gráfica Estrela, isso na temporada de 1990.

O árbitro Ilaércio Gomes, Francisco Leitão e Altair Oliveira, em jogo entre Sindicato dos Bancários-AC x Matriz-Banacre, em 1996. Foto/Manoel Façanha.

Entre as competições organizadas pelo Sindicato dos Bancários do Acre, isso na década de 1990, Altair Oliveira sempre esteve entre os principais atletas e, para muitos, foi considerado o maior craque das competições conduzidas pela entidade sindical.

O jornalista Leonildo Rosas, colega de trabalho de Altair no INSS, assim como companheiro de equipe de juvenis do Juventus, lamentou a perda do amigo. “O Altair era um ser humano conciliador e craque de bola que conheci na época de nossa passagem pela base do Juventus. Sua partida vai deixar uma grande lacuna entre os amigos”, comentou o jornalista.

Velório

A família de Altair Oliveira informa aos amigos e familiares que seu velório ocorrerá neste sábado (28), a partir das 12h, na capela São Francisco. O sepultamento está agendado para às 9h da manhã deste domingo (29), no cemitério São João Batista.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.