37.6 C
Rio Branco
21 setembro 2021 1:55 pm

Zona rural de Jordão, um dos municípios mais isolados do AC, ganha pontos de internet

Um dos municípios mais isolados do país e lar de índios arredios, terá ligação com a rede mundial de computadores

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

Última atualização em 23/08/2021 13:08

Jordão, município do Acre, localizado na região Norte do Estado e apontado como um dos mais isolados do Brasil, cujo acesso só é possível pelas vias área e fluvial, vai perder um pouco deste isolamento. Foi o que anunciou, nesta segunda-feira (22), a deputada federal Perpetua Almeida (PCdoB), que passou o final de semana no município, acompanhada do marido Edvaldo Magalhães, deputado estadual, em encontros com as lideranças locais.

O fim do isolamento por comunicação será imposto com a instalação de dois pontos de Internet gratuita, nas comunidades Maria Correia e Manaus, no Seringal São João. A Comunidade do Novo Porto já foi beneficiada com um ponto de internet, fruto de emendas de Perpétua Almeida, que agora chega com mais dois pontos.

O casal de deputados do PCdoB se reuniu com prefeito Naudo Ribeiro (PDT), o qual agradeceu a parceira e esforço em destinar emendas parlamentares para o município. Ao todo, em dois anos, foram destinados mais de R$ 4 milhões para o município. Os recursos foram direcionados para áreas da Saúde, Infraestrutura, Esporte, Internet, Produção e Educação.

Jordão tem uma população estimada em 8,5 mil habitantes, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foto: Assessoria

“Meu compromisso é com a população acreana, independente de partidos, sempre distribuo minhas emendas parlamentares para todos os municípios. Com o Jordão, não poderia ser diferente. É uma cidade com grande potencial de crescimento econômico pela qual tenho carinho especial”, disse a deputada. “É sempre bom voltar aqui. Quero mesmo é ver esses recursos chegando para as pessoas que precisam”, acrescentou.

Jordão tem uma população estimada em 8,5 mil habitantes, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base em números de 2020.Devido a sua altitude registra temperaturas abaixo de 15 °C no inverno, a mais baixa temperatura registrada na cidade foi de 9,6 °C em abril de 2009.

O nome do município é o mesmo nome do rio que banha a região até desembocar no rio o rio Tarauacá. O rio já foi chamado de “riozinho” e ganhou o nome de Jordão graças um homem, nos tempos áureos da borracha, que teria vindo da Ucrânia e que se apresentava com o nome português de Antônio Jordão, o qual passou a residir próximo as margens do rio, e daí em diante as pessoas se dirigiam a este, como rio do Jordão.

Surgida no período áureo da borracha, a Vila Jordão só ganhou o status de Município no dia 28 de abril de 1992 quando por força da Lei 1.034 teve seu território de 6.695,5 km² desmembrado do Município de Tarauacá. Dos sues moradores, quase 80% ainda vivem na Zona Rural. Parte de seu território é lar de índios arredios, que se recusam a manter contato com a sociedade local.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.