33.3 C
Rio Branco
13 outubro 2021 11:09 am

Concurso ANS aguarda aval e Agência já planeja nomeações. Entenda!

Após previsão no PLOA 2022, o concurso ANS ganhou força e pode ser autorizado, diante disso, a Agência já teria previsão para as nomeações.

POR FOLHA DIRIGIDA

Última atualização em 16/09/2021 17:17

A Agência Nacional de Saúde Suplementar aguarda autorização para o seu concurso ANS. A solicitação foi enviada este ano e, no momento, está em análise no Ministério da Economia. Com a expectativa pelo aval, a agência já teria uma previsão para as nomeações.

Segundo fontes da Folha Dirigida, caso o concurso seja autorizado, existe a previsão de chamada dos aprovados já no ano seguinte a sua realização, sendo assim, em 2023. O edital estaria previsto para 2022.

“A previsão inicial de nomeação será a partir de 2023, muito embora o certame, caso seja autorizado, ocorra em 2022”, afirmou a fonte.

A previsão de realização do concurso ocorre no momento em que o Governo Federal sinaliza a possibilidade de autorizar novos editais. Recentemente, a Agência Nacional de Mineração (ANM) recebeu o aval para 40 vagas.

Além disso, no último dia 31, o Governo Federal enviou o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2022 ao Congresso Nacional. O texto prevê 73.640 vagas em seleções públicas, incluindo, segundo a equipe econômica, concursos para as agências reguladoras.

“Temos a previsão de ingresso em diversos órgãos públicos, nas agências reguladoras, no próprio Ministério da Educação (MEC), em institutos e universidades federais. Isso consta no anexo V do PLOA 2022″, disse o secretário de orçamento, Ariosto Culau, em coletiva de imprensa.

Confira detalhes do pedido de concurso ANS 2022

A ANS solicitou um novo concurso público para o ano de 2022. Ao todo, foram pedidas 83 vagas, sendo elas nos cargos de:

  • nível médio: técnico administrativo (32) – R$7.016,67;
  • nível médio técnico: técnico em regulação de saúde suplementar (14) – R$7.388,37;
  • nível superior: especialista em regulação de saúde suplementar (31 vagas) – R$15.058,12, e analista administrativo (seis) – R$13.807,57.

Em relação aos salários, os valores revelados acima já contam com o auxílio-alimentação de R$458.

Os futuros servidores ainda podem contar com assistência pré-escolar (R$321) e assistência à saúde suplementar, para o servidor e seus dependentes. Atualmente, a ANS conta com 83 cargos efetivos vagos.

Em relação ao pedido enviado, é possível que a ANS avalie a possibilidade de cadastro reserva em um momento oportuno.

A ANS também deverá definir a distribuição dessas vagas entre os estados. Por ser a sede da agência, a cidade do Rio de Janeiro pode receber boas parte das oportunidades.

No entanto, as cidades de São Paulo, Ribeirão Preto (SP), Belo Horizonte, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Salvador e Brasília também contam com núcleos de atendimento ao cidadão da ANS.

Concurso ANS aguarda aval da Economia (Foto: GOV BR)
Concurso ANS aguarda aval da Economia
​​​​​​ (Foto: GOV BR)

 

Veja como foi o último concurso ANS

O último concurso da Agência Nacional de Saúde Suplementar foi realizado em 2015, com oferta de 102 vagas, sendo elas nos cargos de técnico administrativo (66) e técnico em regulação de saúde suplementar (36).

Com a organização da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), a seleção teve provas objetivas e discursivas. Na primeira, foram cobradas 60 questões de Conhecimentos Básicos e Específicos.

Técnico administrativo

Conhecimentos Básicos

  • Língua Portuguesa (15 questões),
  • Raciocínio Lógico (cinco),
  • Ética e Conduta no Serviço Público (cinco),
  • Noções de Direito Constitucional (cinco) e
  • Agências Reguladoras e Legislação Básica (sete).

Conhecimentos Específicos

  • Noções de Direito Administrativo (sete),
  • Noções de Administração (sete),
  • Noções de Arquivologia (sete)e
  • Noções de Orçamento Público (sete).

Técnico em regulação

Conhecimentos Básicos

  • Língua Portuguesa (dez),
  • Raciocínio Lógico (cinco),
  • Ética e Conduta no Serviço Público (cinco),
  • Noções de Direito Constitucional (cinco) e
  • Noções de Arquivologia (cinco).

Conhecimentos Específicos

  • Noções de Direito Administrativo (cinco),
  • Noções de Administração (cinco),
  • Agências Reguladoras (dez) e
  • Legislação Relativa à ANS (dez).

Para conseguir a aprovação em 2015, o candidato precisava atingir uma pontuação igual ou superior a 50% do total da prova, além de se classificar dentro da quantidade de vagas estabelecidas e não zerar nenhuma das disciplinas.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.