21.3 C
Rio Branco
26 outubro 2021 6:11 am

Concurso ICMBio: instituto está prestes a oficializar comissão

Comissão organizadora do concurso ICMBio está em formação e deve ser oficializada nos próximos dias. Entenda!

POR FOLHA DIRIGIDA

Última atualização em 21/09/2021 09:10

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade trabalha na formação da comissão organizadora do novo concurso ICMBio. Na sexta-feira, 17, foi realizada uma reunião para definir os detalhes do grupo de trabalho.

A portaria que institui a comissão, porém, ainda depende da assinatura da presidência do instituto. O que deve ocorrer nos próximos dias. As informações são da Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas do ICMBio.

Com a assinatura, a portaria será divulgada com os nomes dos integrantes da comissão. Eles serão responsáveis por tocar os trâmites internos do concurso, elaborar o projeto básico, sugerir a distribuição das vagas, consolidar conteúdo programático das provas.

Além de participar do processo de escolha da banca do concurso. Ao todo, seis instituições já foram convidadas a apresentarem suas propostas para organização da seleção. Foram elas:

  • Cebraspe;
  • Fundação Cesgranrio;
  • Fundação Carlos Chagas (FCC);
  • Fundação Getulio Vargas (FGV);
  • Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades);
  • Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

Os nomes constam no Sistema Eletrônico de Informações (SEI) do próprio ICMBio. Caso se interessem, as bancas deverão enviar suas propostas e documentações para o ICMBio.

O órgão, por sua vez, irá analisar os aspectos financeiros e técnicos para definir qual instituição será escolhida. A banca contratada deverá receber as inscrições e aplicar as etapas da seleção, como provas objetivas.

Cebraspe foi o contratado para o último concurso do ICMBio, aberto em 2014.

Concurso ICMBio terá oferta de 171 vagas efetivas

No dia 6 de setembro, o Governo Federal autorizou a abertura de novo concurso ICMBio com 171 vagas. Desse quantitativo, 110 oportunidades serão para técnico ambiental, com exigência de ensino médio completo. As remunerações iniciais são de R$4.408,94.

As outras 61 chances serão para analista ambiental, cargo de nível superior. Os salários, após a aprovação no concurso, são de R$8.547,64. Confira a distribuição das oportunidades autorizadas na íntegra:

CARGO  ESCOLARIDADE   REMUNERAÇÃO*   VAGAS 
Técnico ambiental Nível médio R$4.063,34 110
 Analista ambiental  Nível superior R$8.547,64 61

*Os valores incluem vencimento básico, além de auxílio-alimentação de R$458 e a gratificação de desempenho de 80 pontos.

Os novos servidores atuarão em ações relativas ao licenciamento ambiental, ao controle de qualidade ambiental, à autorização de uso dos recursos naturais e, principalmente, à fiscalização, monitoramento e controle ambiental. Sobretudo na Amazônia Legal.

Conforme a portaria que autoriza o concurso, o edital precisa ser publicado em até seis meses, ou seja, até 6 de março de 2022. É possível, no entanto, que esse prazo seja encurtado, com chances de as regras da seleção serem divulgadas em 2021.

As provas deverão ser realizadas quatro meses após o edital, seguindo orientações do Decreto 9.739 que regulamenta os concursos públicos no Executivo Federal.

O ICMBio também pode encurtar esse período para dois meses, como tem acontecido na maioria dos concursos federais. Foi o caso da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e, a mais recente, Controladoria Geral da União (CGU).

Último concurso ICMBio para efetivos foi em 2014

Em 2014, ocorreu o último concurso do ICMBio para efetivos, com organização Cebraspe. Na época, a oferta foi de 271 vagas em cargos dos níveis médio e superior. As oportunidades foram distribuídas da seguinte maneira:

  • Analista Administrativo: 20 vagas no DF;
  • Analista Ambiental: 30 vagas no MT e PA;
  • Técnico Administrativo: 168 vagas no AM, BA, DF, GO, MT, PA, PB, PI, PR, RJ, SC E SP;
  • Técnico Ambiental: 53 vagas no AM, DF, ES, GO, MA, PA, PB, PE, PR, SP.

Além das 271 vagas imediatas, foram convocados 163 excedentes, totalizando 434 chamadas de aprovados.

Os concorrentes foram avaliados por prova objetiva e redação. Foram dois exames objetivos, um de Conhecimentos Básicos e outro de Conhecimentos Específicos.

Conhecimentos Básicos

Total de 50 questões de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Atualidades, Legislação e Ética no Serviço Público.

Conhecimentos Específicos

Total de 70 questões de temas relativos a cada cargo:

  • Técnico Administrativo:
    • Noções de Administração
  • Analista Administrativo:
    • Administração geral
    • Administração Financeira e Orçamentária e Orçamento Público
    • Administração de Recursos Materiais
  • Analista Ambiental:
    • Ecologia, conservação e manejo da biodiversidade
    • Biodiversidade, zoologia, botânica e história natural
    • Recursos florestais
    • Proteção, controle e monitoramento ambiental
    • Planejamento e gestão de UC
    • Aspectos históricos e sociais da ocupação humana na região do complexo Tapajós
    • Povos e comunidades tradicionais e a conservação da Biodiversidade.
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.