25.3 C
Rio Branco
21 outubro 2021 1:19 am

Damares avisa a Bolsonaro que não quer disputar eleição em 2022

O presidente da República já lançou a ministra como pré-candidata a uma vaga no Congresso Nacional em diversos discursos

POR METRÓPOLES

Última atualização em 17/09/2021 15:52

Lançada candidata ao Congresso Nacional diversas vezes pelo presidente Jair Bolsonaro, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, avisou ao chefe que não pretende disputar as eleições de 2022.

A interlocutores, Damares alega não ter “vocação para o parlamento”, embora tenha trabalhado no Senado por muitos anos, antes de virar ministra do governo Bolsonaro.

Ela também argumenta questão financeira. Se for disputar o pleito em outubro de 2022, teria de deixar o ministério no início de abril. Damares alega que não teria como se sustentar até assumir o futuro mandato.

Nos bastidores, a ministra tem dito que será apenas “cabo eleitoral” de Bolsonaro e de outros bolsonaristas. O presidente, porém, pretende insistir para que Damares saia candidata a deputada federal ou a senadora.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.