34.4 C
Rio Branco
13 outubro 2021 8:07 pm

Deputados, Seplag e PGE se reúnem a portas fechadas para tratar de emendas parlamentares

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 22/09/2021 17:12

Em uma reunião às portas fechadas, o secretário de Planejamento e Gestão, Coronel Ricardo Brandão, e o procurador-geral do Estado, João Paulo Setti, se reuniram com os deputados estaduais na sala de reuniões da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), na manhã desta quarta-feira (22), para tratar sobre emenda parlamentares de 2020 que não foram executadas em 2021.

A imprensa só pode acompanhar do lado de fora e nenhum deputado se manifestou até o momento sobre o teor do debate. Mas informalmente, a reportagem do ContilNet foi informada que alguns deputados não conseguiram executar algumas emendas alocadas pois várias entidades não tinham condições de executar os projetos e pois isso eles querem alterar a destinação.

Cada deputado estadual tem o direito a R$ 500 mil em emendas parlamentares. 50% desse valor deve obrigatoriamente ser destinado à Saúde, Segurança Pública ou Educação. Os outros 50% ficam a critério do parlamentar, que pode destiná-los para outras áreas que achar conveniente.

A liberação dos recursos se tornou obrigatória, graças a uma emenda à Constituição do Acre.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.