32.3 C
Rio Branco
22 outubro 2021 7:32 pm

Deracre já revitalizou mais de 600 km de ramais em Sena Madureira, afirma presidente do órgão

POR REDAÇÃO CONTILNET

Última atualização em 26/09/2021 20:45

O diretor-presidente do Deracre, o engenheiro Petrônio Antunes, fez um balanço dos principais serviços executados pelo órgão neste ano na cidade de Sena Madureira.

“Revitalizamos a sede do Deracre em Sena Madureira, por determinação do governador, que inclusive é a sede da regional do órgão no Purus. Estamos atuando diretamente na recuperação de ramais e construção de pontes, já estamos alcançando um número de 600 km de recuperação”, disse o engenheiro.

De acordo com Antunes, os serviços não pararam por aí. “Estamos atuando também nas estradas, nos ramais pavimentados, independente se é de jurisdição da Prefeitura, porque recebemos diversas reivindicações de várias lideranças locais”. O engenheiro disse também que o Deracre “recuperou e revitalizou a estrada Mário Lobão, que dá acesso ao 2º distrito e que estava praticamente intrafegável”. O término da obra ocorreu na semana passada e custou cerca de R$ 1,5 milhão.

Já no Ramal do Xiburema, na zona rural de Sena Madureira, o principal serviço do Deracre foi de tapa-buraco.

Foto: Luy Andriel

PONTE

Vista por muitos moradores como a principal obra no município, a ponte do 2º distrito de Sena Madureira deve começar ainda este ano. “Já terminamos a elaboração do pré-projeto da ponte do 2º distrito de Sena. Conseguimos fazer a publicação ontem (25) do edital. A obra deve custar em torno de R$ 36 milhões. Agora que o edital está aberto, as empresas podem se candidatar para participar. A previsão é que a gente consiga dar a ordem de serviço no mês de dezembro, pra que no verão tenhamos um grande avanço na execução da ponte”, disse.

ALAGAÇÃO

Petrônio destacou também o trabalho do órgão durante a alagação que atingiu a cidade. “Na época da alagação o Deracre operou em vários bairros, fazendo um grande mutirão para dar apoio na limpeza da cidade após a alagação. Trabalhamos em parceira com Iapen, que forneceu a mão de obra dos apenados, que cumprem trabalho para diminuir a pena”, disse.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!