27.3 C
Rio Branco
15 setembro 2021 5:35 pm

Empresário que filmava assalto em Araçatuba enviou áudio antes de morrer: ‘Fui atingido, meu Deus’

POR O GLOBO

Última atualização em 05/09/2021 16:25

O empresário Renato Bortolucci, de 38 anos, morto enquanto filmava a ação de bandidos durante assalto em Araçatuba, enviou um áudio por aplicativo de conversas no qual revelou ter sido atingido por um disparo. A informação foi dada primeiro pelo Metrópoles e confirmada pelo GLOBO, que também teve acesso a mensagens encaminhadas pelo empresário, dono de um posto na cidade. A Polícia Federal assumiu as investigações do caso, segundo informou o órgão nesta terça-feira.

— Nossa, fui atingido, mano. Nossa senhora, meu Deus! Ai — disse Bortolucci no aúdio compartilhado por amigos.

A suspeita é de que Bortolucci tenha sido atingido por um tiro de fuzil na cabeça enquanto realizava as filmagens na madrugada desta segunda-feira. Ainda não se sabe se ele foi surpreendido por um dos criminosos ou alvejado por uma bala perdida, já que estava na linha de tiro, segundo uma fonte policial.

Em vídeo obtido pelo GLOBO, o empresário, escondido atrás de um carro, grava o momento em que criminosos efetuam disparos. Nas imagens, é possível escutá-lo falando: “Pera aí, é o Renatinho, vou trocar uma ideia com vocês aí”. Em seguida, diante do barulho de tiros, emenda: “Não deu muito certo, não. O cara não gostou, não. Falei que ia trocar uma ideia com ele. Também quero uma fatia, filho”.

Leia mais em O Globo, clicando AQUI.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.