33.3 C
Rio Branco
13 outubro 2021 11:42 am

Empresas que fazem manutenção da BR-364 são notificadas pelo DNIT, que afirma: “A pior rodovia do país está no Acre”

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 21/09/2021 16:00

O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Sérgio Henrique Codelo, afirmou que a pior rodovia do país é a BR-364. Ele referiu-se ao trecho Sena Madureira/ Feijó, onde foram contados 118 pontos de desbarrancamento.

Segundo o deputado Gehlen Diniz (Progressistas), o diretor informou que os trabalhos de recuperação anuais não adiantam e a estrada que custou R$ 2 bilhões, terá que ser totalmente refeita, o que vai consumir outros R$ 1,5 bilhão: “Onde seria necessário por exemplo, 35 cm de pedra, foram colocados apenas 7 cm”, disse Gehlen. as empresas acumulam um déficit de R$ 2,5 milhões, completou o progressista.

O deputado Jonas Lima (PT), denunciou que o DNIT, além de não solucionar os problemas, notificou as empresas, judicializando a questão, “sem levar em consideração que há dois anos as empresas vêm solicitando a adequação dos contratos por causa dos aumentos de insumos e de combustível e se as empresas se retirarem, isso significa centenas de pessoas desempregadas. Só uma emprega mais de 500 pessoas. O governador Gladson Cameli prometeu gerar emprego e não cumpriu. Eu daria um prêmio a quem me provasse que este governo colocou um tijolo só na construção de casas populares”, desabafou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.