36.3 C
Rio Branco
15 setembro 2021 4:23 pm

Enfermeira é mordida por filha de paciente ao defender médica de agressão em UPA

A profissional em saúde foi atingida na mão esquerda, pescoço e no olho direito

POR G1

Última atualização em 15/09/2021 16:21

Uma enfermeira de 58 anos foi agredida por uma jovem de 23, pouco antes das 6h (de MS), desta quarta-feira (15), durante atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Coronel Antonino, em Campo Grande.

G1 entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) e aguarda retorno.

Conforme o boletim de ocorrência, a jovem chegou à unidade acompanhando a mãe, que relatava dores abdominais, e começou a causar confusão já na recepção, com ofensas aos servidores.

Depois, enquanto a equipe atendia a paciente, a filha passou a gritar mais ofensas aos profissionais. Já no fim da consulta, a jovem “em estado de fúria”, partiu para cima da médica.

Para defender a médica de uma possível agressão, a enfermeira interveio e teve a mão esquerda mordida, sendo atingida também no pescoço e no olho direito.

A Guarda Civil Metropolitana foi acionada e encaminhou a jovem para a delegacia de Polícia Civil. Ela foi autuada por lesão corporal dolosa, ameaça e desacato, assinou termo circunstanciado de ocorrência e irá responder pelos crimes em liberdade.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.