38 C
Rio Branco
22 setembro 2021 12:11 pm

Filho que matou os pais a facadas em Sena Madureira será liberado da prisão

Diva Vieira de Araújo, 75 anos, e Durval Batista de Araújo, 78 anos, pais de “Téo”, foram mortos a facadas

POR EDINALDO GOMES, PARA O CONTILNET

Última atualização em 02/09/2021 15:49

A justiça de Sena Madureira expediu nesta semana um alvará de soltura de Alisson Vieira de Araújo, conhecido pelo apelido de “Teo”, que atualmente se encontra no presídio Francisco de Oliveira Conde, em Rio Branco. Em 2019, ele matou os pais em uma residência localizada na Travessa Otávio Aquino, região do Bairro do Bosque, em Sena.

Diva Vieira de Araújo, 75 anos, e Durval Batista de Araújo, 78 anos/Foto: Reprodução

O juiz baseou sua decisão em exames psiquiátricos que atestam problemas mentais no autor, considerando-o inimputável, ou seja, trata-se de pessoa que será isenta de pena em razão de doença mental ou desenvolvimento mental incompleto ou retardado que, ao tempo da ação ou omissão, não era capaz de entender o caráter ilícito do fato por ele praticado ou de determinar-se de acordo com esse entendimento.

SAIBA MAIS: Acusado de matar os pais idosos, filho com transtornos mentais é preso em Sena

Para ele, mediante sua soltura da prisão, foi imposta medida de segurança consistente e tratamento ambulatorial psiquiátrico por pelo menos três anos.

Ao tomar conhecimento de sua liberdade, Gercileuda Vieira de Araújo, que é sua irmã, demonstrou certa revolta e usou seu perfil nas redes sociais para pedir ajuda. “Estou indignada com isso. Como é que nós iremos cuidar de uma pessoa dessas? Eu mesmo já fui agredida por ele. Venho pedir ajuda à justiça para que alguma coisa seja feita”, comentou.

Diva Vieira de Araújo, 75 anos, e Durval Batista de Araújo, 78 anos, pais de “Téo”, foram mortos a facadas.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.