25.4 C
Rio Branco
14 outubro 2021 4:03 am

Fundhacre realiza Fórum de Doação e Transplante de Órgãos e Tecidos em Rio Branco

POR ASCOM

Última atualização em 27/09/2021 14:18

A Fundação Hospital do Acre (Fundhacre), por meio da Central Estadual de Transplante (CET) e da Organização de Procura de Órgãos (OPO), realizou o VI Fórum de Doação e Transplante de Órgãos e Tecidos em Rio Branco, na quarta-feira, 22, no auditório do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) e quinta, 23, no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into/AC).

Trata-se de uma formação para os profissionais de saúde, em alusão ao Setembro Verde, mês que destaca a importância da doação de órgãos e tecidos.

“As capacitações se destinam aos profissionais que trabalham nos centros de emergência, de trauma e nas UTIs,  ampliando e melhorando a rede de doação, propiciando a realização de mais transplantes e devolvendo a vida para muitos acreanos que precisam de um órgão” explica a coordenadora da CET, Regiane Ferrari.

Profissionais do Hospital de Urgência e Emergência na capacitação. Foto: Cedida

Na programação, foi abordada a situação do transplantes no Brasil e no Acre, aspectos legais da doação, transplantes de órgãos e tecidos, a determinação de morte encefálica e a doação de órgãos e tecidos no Acre.

As próximas capacitações serão realizadas nos hospitais Santa Juliana e da Criança, também em Rio Branco, com seguimento para Brasileia e Hospital Regional do Juruá, em Cruzeiro do Sul. “Vamos capacitar o maior número de profissionais, para melhorar e fortalecer todo o programa, pois entendemos que, por meio da capacitação, vamos alavancar todo o serviço no Estado do Acre”, explicou Regiane.

Capacitação no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into/AC). Foto: Cedida

Ao final do fórum, foram pactuadas ações que buscarão os assuntos de maior interesse da equipe dentro do campo da doação e transplante de órgãos, para que a educação permanente seja realizada a partir das demandas dos profissionais.

O coordenador do Núcleo de Educação Permanente do Huerb e Into, Edvan Meneses, relatou: “O evento trouxe aos profissionais as últimas atualizações e os nossos indicadores, mostrando a nossa real situação e os pontos em destaque para receber melhorias. O momento trouxe um nivelamento conceitual e procedimental para a equipe, que agora poderá realizar as ações de assistência à saúde em sincronia”.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.