22.3 C
Rio Branco
20 outubro 2021 5:21 am

Hang diz que mãe usou kit Covid e aponta suposto erro em atestado de óbito

Bolsonarista alega que o colegiado foi "induzido ao erro" pelo dossiê elaborado por ex-médicos da Prevent Senior

POR G1

Última atualização em 29/09/2021 17:34

O empresário Luciano Hang afirmou, nesta quarta-feira (29/9), que tomou conhecimento pela CPI da Covid-19 da adulteração na certidão de óbito da mãe, Regina Hang. A mudança teria sido feita pela equipe médica da Prevent Senior. Mesmo assim, o bolsonarista acredita que o colegiado foi “induzido ao erro” pelo dossiê elaborado por ex-médicos da operadora de saúde, no qual constam denúncias contra a empresa.

“Fiquei sabendo, através da CPI, que tanto o atestado quanto o prontuário da minha mãe foram apresentados e que lá não constava Covid. Sou leigo, não sei o que tem que botar no atestado de óbito”, declarou o depoente, culpando o plantonista médico responsável pelo suposto equívoco no registro da morte.

“Segundo a Prevent, quem preencheu o atestado de óbito foi o plantonista. No dia seguinte, a comissão de controle de infecção hospitalar viu o erro do plantonista”, explicou o empresário.

Leia mais em METRÓPOLES, clique AQUI! 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!