41.7 C
Rio Branco
21 setembro 2021 12:33 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Harmonia: no mesmo palco, Gladson reúne 4 dos 5 pré-candidatos ao Senado que disputam seu apoio

POR THIAGO CABRAL, DO CONTILNET

Vice

Foi ventilado para este colunista, por uma fonte do Palácio Rio Branco, que o governador Gladson Cameli (PP) está decidido a escolher uma mulher para compor sua chapa como vice-governadora. Caso se concretize, a escolha de uma mulher pode ajudar Gladson a resolver um outro problema, o do Senado, já que sua base reúne quatro pré-candidatas: Jéssica Sales (MDB), Márcia Bittar (Sem partido), Mailza Gomes (PP) e Vanda Milani (Solidariedade). Se ele leva uma delas para vice, já é uma pessoa a menos na confusão que se tornou a disputa pelo Senado pelo lado governista.

Negou

Questionado pela coluna, o governador negou que esteja discutindo o nome do vice. “Ainda não tratei sobre 2022. Não tem nada”, disse.

Milhões

Em um evento pomposo realizado na manhã de hoje, o governador anunciou um investimento de quase R$ 7 milhões para obras em sete municípios acreanos. O evento reuniu a nata da política acreana e até ex-inimigos no mesmo palco, a exemplo do próprio governador e do prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB).

Ficou pra trás

Ao que parece, as brigas entre o prefeito e o governador ficaram pra trás. A reaproximação da dupla tem sido comemorada por muitos aliados, já que viviam em uma linha tênue, diante do fogo cruzado entre os dois. O deputado federal Alan Rick (DEM) é um desses aliados. O democrata elogiou a atitude de Gladson: “Uma coisa que admiro no governador e tenho buscado trazer para minha trajetória política é que ele é incapaz de gastar um minuto maquinando o mal”.

Paz

Mazinho, que está com a bandeira da paz hasteada, refletiu: “Não tem momento melhor que esse, para que possamos refletir e somos todos humanos”. Na mesma linha, o governador Gladson Cameli também manteve a diplomacia. “Eu agradeço o gesto do Mazinho estar aqui, de estarmos sentando à mesma mesa para legislar pelo povo. Não podemos mais esperar, temos que nos unir, pois o governo não é meu, é do povo”.

Faltou uma

No mesmo evento o governador viveu uma situação, no mínimo, inusitada. Sentado ao lado das deputadas federais Jéssica Sales e Vanda Milani e da senadora Mailza Gomes, o governador trocou afagos e risadas com o trio. O clima parecia o mais leve possível. O problema é que as três, junto à professora Marcia Bittar, disputam a única vaga ao Senado pela chapa de Cameli. Vale lembrar que o deputado federal Alan Rick (DEM), o outro pré-candidato ao Senado pelo palanque de Gladson, também estava no evento.

Imã

Um aliado do governador me falou que Cameli tem uma espécie de imã para atrair “pessoas perigosas” para o seu lado. A crítica é relacionada a reaproximação do governador com o seu ex-inimigo político, o prefeito Mazinho Serafim. Para o aliado, as pessoas que defenderam o governador da artilharia pesada de Serafim estão agora com a “cara no chão”. “Gladson pode perder o apoio de muito gente com essa aproximação”, cravou.

CPI do Busão

Após a indicação dos partidos dos nomes que irão compor a “CPI do Busão” na Câmara de Vereadores de Rio Branco, o parlamento municipal escolheu nesta terça o colegiado. A presidência da comissão ficou com a vereadora Michelle Melo (PDT) e a vice-presidência com o também pedetista Fábio Araújo. O vereador Adailton Cruz (PSB) foi escolhido como relator da CPI. Os demais membros escolhidos foram os vereadores Lene Petecão (PSD) e Rutênio Sá (Progressistas) como titulares e Antônio Moraes (PSB) e Emerson Jarude (MDB) como suplentes.

Destaque

Destaque no governo Gladson Cameli, o diretor-presidente do Deracre, o engenheiro Petrônio Antunes, conseguiu ganhar visibilidade após iniciar uma série de obras no Estado, como reforma de aeródromos, abertura e recuperação de ramais e construções de pontes. Ganha Petrônio e ganha Gladson.

Destaque 2

Outro secretário de destaque e de grande visibilidade na gestão de Cameli é o secretário de Infraestrutura, Cirleudo Alencar. Dizem até que ele está com planos de ser candidato a prefeito de Sena Madureira nas próximas eleições municipais, com as bênçãos de Gladson Cameli e do atual prefeito Mazinho Serafim, que não poderá mais ser candidato a reeleição.

Aliança

Comedido ao falar sobre composições de chapa e de alianças, o senador e pré-candidato ao Governo do Estado, Sérgio Petecão (PSD), disse à coluna que durante sua passagem pelo Alto Acre, no último fim de semana, teve muitas adesões, inclusive com definição de pré-candidaturas. “Em Epitaciolândia vamos ter um candidato a deputado estadual, o vereador Rubem, em Brasileia também um candidato, em Assis Brasil também. Tô muito animado, estamos tendo muitas adesões, tô sentindo que vai dar certo”, disse.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.