24.3 C
Rio Branco
15 outubro 2021 7:59 am

Idoso de 73 anos participa da primeira maratona de Sena Madureira: “Mente de jovem”

A 1ª Corrida Mamedio Bittar contou com a participação dos moradores do município e com premiação aos três melhores colocados de cada categoria

POR RENATO MENEZES, PARA CONTILNET

Última atualização em 30/09/2021 14:12

“Isto é para provar que a gente envelhece na matéria, mas minha mente é de jovem”. Esta foi a frase que seu Edgar Matos da Cunha, de 73 anos, proferiu ao ser entrevistado pelo ContilNet antes da maratona comemorativa aos 116 anos de Sena Madureira (AC), ocorrida no último sábado (25).

O jovem senhor, que nasceu, se criou e se casou em Sena, viu a maratona como um desafio a ser enfrentado, mesmo com idade avançada, problemas cardíacos, na perna e no joelho. A filha dele, Edgardina Matos, contou que o pai foi diagnosticado com coração crescido e veias entupidas no referido órgão.

“Mas o médico optou por não fazer cirurgia, e sim tratá-lo com medicamentos e mudança no estilo de vida, alimentação e atividade física. Então ele faz as caminhadas dele todos os dias das 4h às 6h da manhã, a tarde ele caminha das 17h às 18h, e também anda de bicicleta. Não ficamos preocupados (de ele participar da corrida) porque ele tem muita resistência”, disse.

VÍDEO: MOMENTO DA CORRIDA

“FELIZES POR VER COMO ELE ESTÁ BEM”

A 1ª Corrida Mamédio Bittar, que homenageia o pai do senador Márcio Bittar (MDB-AC), teve êxito de planejamento e de público. Com a participação ativa dos moradores do município e de outros que compõem o Acre, a maratona se deu em duas modalidades: a de 10 quilômetros para o público em geral, e a de 5 para mulheres e homens acima de 50 anos. Esta última foi a categoria que seu Edgar participou.

“O sentimento é de gratidão a Deus, felizes por ver como ele está bem, um exemplo de superação e motivação que esporte é vida”, complementou a filha, orgulhosa da determinação de seu Edgar.

Com muita jovialidade, o sena-madureirense ponderou que, mesmo com o problema que tinha na perna, isto não o impediria de participar da primeira corrida do município. “Primeiro de tudo, é confiar em Deus e fazer as coisas, seguir em frente e ter fé porque só Ele tudo pode”, finalizou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!