25.3 C
Rio Branco
19 outubro 2021 9:33 pm

‘Inferno’: Locutor registra fogo ‘incessável’ durante pescaria no Pantanal

Leonel Ramos descia o Rio Aquidauana para pescar às 13h, momento que fez o registro, e às 18h, quando retornava, as chamas ainda consumiam a vegetação pantaneira.

POR G1

Última atualização em 22/09/2021 17:10

O relógio marcava 13h, nesta segunda-feira (20), quando Leonel Ramos, de 52 anos, registrou parte da vegetação às margens do rio Aquidauana, no Pantanal de Mato Grosso do Sul, sendo consumidas por fogo. Porém, o que mais causou espanto no locutor é que às 18h, quando Ramos retornava, o fogo ainda era visto nas copas das árvores. CLIQUE AQUI e assista ao vídeo.

“É como se fosse um inferno! Há dias que o fogo está se alastrando. Vi muitos bichos queimados, bichos indo para ás margens do rio e pulando na água para se socorrer, desesperados”, descreve o locutor.

Ramos diz ter vivenciado cenas de horror. Para o locutor, os sentimentos de tristeza e medo os invadiram, assim que viu as chamas consumir a fauna pantaneira, em Mato Grosso do Sul.

“As queimadas estão sendo bem recorrentes. O que aconteceu: o vento aumentou e foi levando o vento por tudo. Observei muitas cinzas no barranco. Estamos com medo das cinzas descerem para o rio e matar os peixes”, compartilhou.

Desde 1979, Ramos faz de Aquidauana o seu lar. Os incêndios florestais e as idas aos rios para pescaria sempre fizeram parte da vida do locutor, porém, o fogo visto nesta segunda, o preocupou.

“Nunca tinha visto uma situação como esta. Já vi queimadas, mas não tão grandes como esta. Muita tristeza de ver o Pantanal em chamas, muita perda, perda de árvores e animais. Ali é habitat de muitos animais, fiquei imaginando a morte deles”, finalizou.
De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Mato Grosso do Sul é o quarto estado brasileiro com maior números de focos de incêndio, com 9,2% do total. Por completo, são 416 pontos de fogo no estado, em Corumbá (MS) com 343 e Aquidauana, onde foi registrado o vídeo de Ramos, tem 13 focos.
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.