26.3 C
Rio Branco
21 setembro 2021 7:11 pm

Jenilson diz que é ‘inadmissível’ Ministério da Saúde parar de enviar vacinas para o AC

Deputado diz que Governo tem que agir para vacinar acreanos: "O Estado tem a obrigação de intervir"

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 15/09/2021 12:50

Um dia após o governador Gladson Cameli (Progressistas) dizer que o Ministério da Saúde pode suspender o envio das vacinas contra a Covid-19 para o Acre, por falta de procura pelos imunizantes, o deputado Jenilson Leite (PSB) criticou o poder público por não buscar, de forma efetiva, reverter a situação. “O Estado tem a obrigação de intervir”, disse.

“A justificativa que estão dando é que a população não está querendo ir se vacinar, pelo amor de Deus! Isso é um demonstração da incapacidade operacional que estamos tendo no Estado”.

Para resolver o problema da falta de procura, o deputado, que é médico infectologista, sugeriu que o Governo faça uma operação de vacinação itinerante.

“O governo tem que pegar essas ambulâncias, pegar as vans, encher de vacina e ir para os mercados, pros bairros e ramais. Vamos vacinar o povo, o litro da gasolina tá 7 reais, a população não tem como sair de casa, tem ainda aqueles que moram na zona rural e não tem como irem se vacinar, vamos fazer parceria com os órgãos de agricultura, pegar caminhonetes, vamos até esse povo! É isso que tem que ser feito”, argumentou.

Jenilson destacou ainda que o Acre sempre esteve em último lugar no ranking de vacinação, e atribuiu isso à gestão. “Nós estivemos sempre lá embaixo no ranking de vacinação, problema de quê? De gestão. Agora o Ministério parar de mandar vacina pro Acre porque temos vacina nos freezer e não temos a população indo se vacinar, aí sinceramente, é melhor pedir pra sair mesmo”, finalizou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.