34.3 C
Rio Branco
23 setembro 2021 2:06 pm

Manifestações de 7 de setembro: líder do PT no Acre diz que não vê amor em quem defende Bolsonaro

Márcia Bittar, uma das principais articuladoras das manifestações pró-Bolsonaro, defendeu o direito da oposição ir às ruas

POR TON LINDOSO, DO CONTILNET

Última atualização em 04/09/2021 12:59

Rio Branco vai ser palco de, pelo menos, duas manifestações no dia 7 de setembro: uma em favor do presidente Jair Bolsonaro – em formato de motociata e carreata – e uma contra.

O líder do Partido dos Trabalhadores no Acre (PT-AC), Cesário Braga, começou o dia de sábado (4) mandando um recado nas redes sociais: não consegue ver amor ao próximo em quem defende o presidente.

“Jesus nos ensinou a amar a Deus acima de todas as coisas, mas também a amar ao próximo como a si mesmo! Não consigo ver amor ao próximo em quem vai pra rua defender Jair Bolsonaro e sua política de genocídio, fome, desemprego, carestia, ódio e corrupção”, disparou em seu perfil no Twitter, como você pode conferir abaixo.

Em outra publicação, ele afirma que os acreanos precisam ir às ruas por refeições, emprego, moradia, saúde e educação.

Márcia Bittar, pré-candidata ao Senado e uma das principais articuladoras de Bolsonaro no Acre, defende o direito da oposição ir às ruas, mas reforça sua vontade por manifestações ‘pacíficas e respeitosas’.

Pré-candidata ao Senado, Márcia Bittar. Foto: Assessoria

“A rua é do povo e cada um tem o direto de se manifestar pacificamente. Deixo alerta para não aceitamos nenhum tipo de provocação vinda dos adversário da nação, da família e de Deus”, declara ao ContilNet.

Bittar afirma, ainda, que as expectativas com relação ao manifesto pró-Bolsonaro são positivas. “A nação se levanta em defesa de um presidente honesto que, mesmo perseguido injustamente, avança o Brasil no progresso, porque se preocupa de verdade com as pessoas. Nesse mesmo dia, comemora-se o dia do anjo da guarda da nação. Dia duplamente especial”, conclui.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.