24.3 C
Rio Branco
19 outubro 2021 6:46 am

Neurocirurgião dá dicas de como identificar os sintomas do alcoolismo

POR CNN BRASIL

Última atualização em 17/09/2021 13:02

Na edição desta sexta-feira (17) do quadro Correspondente Médico, do Novo Dia, o neurocirurgião Fernando Gomes falou sobre como identificar os sintomas do alcoolismo (assista o programa AQUI).

A fundadora da banda britânica Liberty X, Michelle Heaton, usou as redes sociais para falar sobre a luta que enfrenta contra o alcoolismo. Ela postou uma foto mostrando como estava o rosto dela na época em que consumia grande quantidade de bebidas alcoólicas e outra foto após começar o tratamento contra a doença.

Na publicação, a cantora disse que essa era a realidade dela há 20 semanas e hoje se sente mais forte mentalmente e fisicamente. No Brasil, cerca de 10% da população sofre de alcoolismo. Os homens correspondem a 70% dos casos e as mulheres, 30%.

“O alcoolismo é considerado uma doença cerebral crônica que faz com que a pessoa tenha problemas definitivos na sua vida. Quando se reconhece uma dependência no qual o indivíduo não funciona sem a substância, o problema está declarado e a situação deve ser tratada”, disse Fernando Gomes.

Segundo o médico, o indivíduo alcoólatra faz uso da substância e naturalmente necessita que ela esteja presente para conviver socialmente. “A pessoa perde o bem-estar e a qualidade de vida quando não tem acesso à bebida.”

O neurocirurgião elencou alguns dos sinais que evidenciam o alcoolismo. São eles: quando a pessoa passa a beber sozinha, a esconder o consumo, se afasta de familiares e amigos, podendo chegar ao extremo e ter perda de memória, tremores e insônia.

“Esse é um tema que muitas vezes representa um tabu. É preciso abordar a pessoa que sofre de alcoolismo de forma carinhosa e levá-la para um serviço de saúde especializado para tratar. É um trabalho lento, progressivo, mas requer uma visão carinhosa.”

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.