33.3 C
Rio Branco
6 setembro 2021 2:23 pm

Onda solar que chega à Terra nesta segunda e pode deixar vários países sem internet

Os últimos eventos solares desta magnitude ocorreram em 1859 e 1921, e danificaram drasticamente a rede telegráfica

POR REDAÇÃO CONTILNET

Os serviços de internet ao redor do mundo estão ameaçados por uma espécie de “tsunami solar”, principalmente na América do Norte onde os cabos que transmitem os sinais digitais estão mais expostos às ejeções de massa coronal, segundo o SpaceWeather.com.

O site diz que esse tsunami movimentou a superfície solar na última quinta-feira (26), o que lançou uma massa de partículas na direção da Terra.

Como o astro está a aproximadamente 150 milhões de km da Terra, a onda de energia chegará ao planeta nesta segunda-feira (6), podendo causar uma tempestade geomagnética de classe G1. A chance disso acontecer varia entre 1,6% e 12%, mas, caso ocorra, os efeitos serão catastróficos para as redes de internet.

Uma pesquisa de dados SIGCOMM 2021  apontou que a vulnerabilidade da América do Norte pode interromper os serviços de internet durante meses. Os últimos eventos solares desta magnitude ocorreram em 1859 e 1921, e danificaram drasticamente a rede telegráfica. O sistema de internet nunca foi testado. Se ele não aguentar, todo o norte da América, Europa e Ásia pode ficar ilhado perante os países localizados no centro da Terra, isso se os satélites não afetarem a todos.

Caso a onda não atinja a rede, é provável que isso aconteça em 2024, quando o Sol atingirá seu próximo ‘Máximo Solar’. O evento, que marca o pico das erupções solares, acontece a cada 11 anos, porém, diferente daquele que ocorreu em 2013, este promete ser um dos maiores já registrados na história moderna.

Fonte: Globo.com

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.