22.3 C
Rio Branco
25 outubro 2021 7:11 pm

Operação na Precisa sela prorrogação da CPI, dizem integrantes da comissão

POR CNN BRASIL

Última atualização em 17/09/2021 12:54

A busca e apreensão pela Polícia Federal nas sedes da Precisa Medicamentos nesta sexta-feira (17) sela o adiamento dos trabalhos da CPI da Pandemia e recoloca o caso Covaxin como prioritário nos trabalhos da comissão.

A avaliação é de integrantes e técnicos da CPI da Pandemia ouvidos pela CNN.

A operação desta manhã na empresa foi trabalhada sob alto sigilo dentro da comissão e após intenso debate jurídico e consulta a Advocacia Geral do Senado, que formalizou o pedido ao Supremo Tribunal Federal.

Havia dúvidas se uma CPI poderia pedir uma diligência desse porte à PF.

Prevaleceu o entendimento de que isso seria possível e o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi quem a autorizou.

O objetivo principal da operação é buscar dados que ajudem a CPI a fechar o caso Covaxin, que ganhou fôlego no final do primeiro semestre na comissão, mas que no retorno dos trabalhos não conseguiu fechar todas as suas pontas.

E a decisão do governo de cancelar o contrato, após a Controladoria Geral da União suspendê-lo, acabou por ajudar nesse processo, ao lado do próprio descredenciamento pela Bharat da Precisa como sua representante no Brasil.

Leia mais em CNN Brasil, clicando AQUI.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.