27.3 C
Rio Branco
20 outubro 2021 11:02 pm

“Soldado do crime”, matador do B-13 é condenado a mais de 17 anos de prisão

Ricardinho Vitorino deve voltar à Juri pelo menos mais vezes por outros assassinatos a mando do B-13

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

Última atualização em 21/09/2021 18:13

O homem que ganhava a vida matando pessoas como um soldado do crime a serviço da facção B-13, que agiria em Rio Branco, Ricardinho Vitorino, de 25 nos, acaba de sofrer uma segunda condenação da Vara do Tribunal do Júri da comarca da Capital.

Levado ao banco dos réus nesta terça-feira (21), ele foi condenado a mais 17 anos de prisão pelo assassinato de Carlos Alberto da Silva, morto no dia 7 de dezembro de 2019, por dois homens em uma moto no bairro Cabreúva, quando um deles sacou a arma e efetuou vários disparos na vitima que morreu no local. A polícia descobriu que o pistoleiro era Ricardinho.

Os comparsas que com ele sentaram no banco de réus hoje saíram absolvidos. Vitorino deve voltar a ser julgado por pelo menos mais dez crimes de assassinatos.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!