23.3 C
Rio Branco
25 novembro 2021 5:11 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Apoiado por Gladson em 2020, Eduardo Ribeiro disputará uma vaga na Aleac no palanque de Petecão em 22

POR THIAGO CABRAL, DO CONTILNET

Apoio

Candidato a vice-prefeito no ano passado, na chapa de Socorro Neri, o advogado Eduardo Ribeiro contou com o apoio declarado do governador Gladson Cameli (PP) na disputa. Passada a eleição, o afastamento político dos dois, que são amigos pessoais, colocou Ribeiro no palanque de Petecão.

Mudanças

Sem espaço no PDT para emplacar uma candidatura a deputado estadual, Eduardo Ribeiro se filiou ao PSD, partido do senador Sérgio Petecão, principal adversário político de Gladson, para conseguir entrar na disputa. Uma guinada em tanto.

Tradição

De família tradicional na política acreana, Eduardo é filho do ex-deputado e hoje conselheiro do TCE, Valmir Ribeiro. Herdeiro do legado político e do mapa de votos do pai, Eduardo tem uma boa chance de se eleger. Além do sobrenome, Eduardo é jovem e é um dos representantes da renovação política do Acre, o que lhe garante a entrada em diversos outros segmentos.

Entusiasta

Um dos principais entusiastas da pré-candidatura de Eduardo a uma vaga na Aleac é o ex-presidente do PDT de Rio Branco, o também jovem político Jefferson Barroso. “Eduardo tem muito da simplicidade do pai”, comentou.

De mudança

O ex-presidente municipal do Progressistas em Rio Branco, o pastor Reginaldo Ferreira, anunciou hoje sua filiação ao PTB. No ato de filiação do pastor estiveram presentes a presidente estadual do partido, a empresária Charlene Lima, o senador Márcio Bittar e a jornalista Wania Pinheiro.

Retroescavadeiras

Depois do polêmico empréstimo de máquinas pesadas da prefeitura de Rio Branco para a de Acrelândia, o município do interior recebeu hoje duas retroescavadeiras, no valor de R$ 600 mil reais, adquiridas com emenda do senador Sérgio Petecão, aliado de primeira hora de Bocalom. “Os recursos fazem parte de um montante de R$ 48,6 milhões, que estão sendo investidos em uma ‘gigantesca frota’ de maquinários para os 22 municípios do Acre”, disse o senador.

Luto

Morreu hoje a professora Clélia Fecury Marques de Almeida, mãe ex-governador Binho Marques (PT). Muito querida no estado, a morte da professora foi sentida por diversos políticos acreanos, que prestaram homenagens a Dona Clécia. Na redes sociais, o ex-senador Jorge Viana (PT), que também perdeu a mãe neste ano, lamentou: “Hoje o Acre amanheceu mais triste. A dona Clélia é uma amiga muito especial minha e da minha família e nos deixa um vazio enorme por sua história de vida, dedicação a educação e a sua família”.

Legado maldito

O ex-deputado federal Narciso Mendes disse hoje, em entrevista ao site Notícias da Hora, que Bolsonaro ter chegado à presidência da República foi culpa do “maldito legado” da operação Lava Jato, que desempenhou um papel chave na “criminalização” da política. Para Narciso, a operação foi usada como trampolim político pelo ex-juiz Sérgio Moro.

Segurança na Fronteira

Ocorreu na manhã de hoje o 1º Encontro de Segurança Fronteiriça Brasil/Bolívia, em Rio Branco. A reunião contou com a presença do governador Gladson Cameli (PP), do secretário de Operações Integradas do Ministério da Justiça, Alfredo de Souza Lima Coelho, do ministro de Governo da Bolívia, Eduardo Del Castillo Del Carpio entre outras autoridades brasileiras e bolivianas. Na ocasião, Gladson entregou 31 caminhonetes L200 Triton, 13 quadriciclos e equipamentos e insumos para a Segurança do Acre, que juntos custaram quase R$ 10 milhões.

OAB

Duas chapas já estão inscritas para a a disputa da eleição da OAB no Acre: “Em Defesa da Ordem” e “Muitas Vozes, Uma Só OAB”. A primeira é encabeçada pelo atual presidente da entidade e candidato à reeleição, Erick Venâncio, que tem como vice Marina Belandi. A chapa foi foi registrada ontem. Já a segunda chapa é formada pelos advogados Rodrigo Ayache e Socorro Rodrigues, candidatos a presidente e vice, respectivamente, e foi registrada na ultima terça-feira (19).

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.