24.3 C
Rio Branco
18 outubro 2021 10:28 pm

Belfort destaca evolução do MMA em aniversário de 25 anos de sua estreia

Há exatamente 25 anos, o ‘Fenômeno’ fazia sua primeira apresentação nas artes marciais mistas

POR AG FIGHT

Última atualização em 13/10/2021 11:08

O dia 11 de outubro é uma data mais do que especial para Vitor Belfort. Há exatamente 25 anos, o ‘Fenômeno’ fazia sua primeira apresentação nas artes marciais mistas, quando não tomava conhecimento de Jon Hess e nocauteava o adversário com apenas 12 segundos de primeiro round, no evento chamado ‘Superbrawl 2’.

Por isso, a reportagem da Ag.Fight entrou em contato com Belfort para ele relembrar este momento especial em sua carreira no MMA. Questionado sobre essa apresentação, o ex-campeão do UFC colocou esse combate como um dos maiores de sua história e destacou a importância da evolução nas regras da modalidade para o bem dos lutadores.

“Lembro dessa luta como se fosse ontem. É maravilhoso ver que há 25 anos começou a história. Fico muito satisfeito de ver tudo isso. Aquela luta só não valia dedo no olho. O resto valia tudo. Começou tudo sem regra, hoje, graças a Deus, temos regras e espero que o MMA possa rever mais algumas hoje em dia”, disse o lutador.

Em sua primeira aparição na modalidade, Belfort ainda tinha 19 anos, mas já era apontado como uma das grandes promessas do Brasil. Logo depois deste combate, o carioca foi para o UFC e, em 1997, conquistou o título do torneio dos pesados. Depois de 25 anos, o lutador reforçou que foi um acerto ter confiado no sucesso do MMA.

“Sempre soube que o MMA seria o maior esporte do mundo, era questão de momento. Com 21 anos recebi um contrato milionário para largar o MMA e lutar boxe, eu continuei porque sempre tive uma visão do que o esporte ia ser tão grande ou maior que o boxe”, completou o o carioca de 44 anos, que atualmente está no boxe internacional e, no último dia 11 de setembro, nocauteou o americano Evander Holyfield.

Vitor Belfort fez história no MMA. Na modalidade de 1996 até 2018, o ‘Fenômeno’ possui um cartel de 26 vitórias, 14 derrotas e um ‘No Contest’ (luta sem resultado) em seu currículo. O lutador chegou a ser campeão do torneio do peso-pesado do Ultimate e também faturou o cinturão dos meio-pesados (93 kg) da organização.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!