33.3 C
Rio Branco
13 outubro 2021 12:05 pm

Concurso ESA: redação traz tema fácil e candidatos comemoram

A prova do concurso ESA aconteceu neste domingo, 3, e a Folha Dirigida esteve presente realizando a cobertura. Veja relatos de candidatos!

POR FOLHA DIRIGIDA

Última atualização em 04/10/2021 11:09

Mais de 120 mil candidatos realizaram neste domingo, 3, as provas da ESA. O concurso da Escola de Sargento das Armas é um dos mais disputados e aplicou exames em vários locais de todo o país.

Os candidatos foram convocados para chegar a partir das 10h e os portões foram fechados, pontualmente, às 12h15.

Mas, e qual foi a duração da prova?

Embora o fechamento do portão tenha acontecido neste horário, as provas somente começaram às 13h e vão até as 17h – com quatro horas de duração.

Candidato pôde sair a partir de que horas?

O candidato somente pode sair a partir de três horas de provas, ou seja, após das 16h, sem o caderno de provas. O caderno poderá ser retirado pelo candidato após o término da avaliação – a partir das 17h.

Se você está lendo essa matéria e fez algum registro ou quer dar o seu depoimento, mande uma mensagem pelas nossas redes sociais.

Prova da ESA tem confusões e filas quilométricas

Diversos locais de aplicação da prova da ESA estão passando pela mesma situação: filas quilométricas.

Um dos motivos para a confusão foi o fato de os candidatos deixarem para chegar em cima da hora. Com isso, a organização do concurso teve trabalho para organizar a chegada dos concorrentes.

Folha Dirigida recebeu diversos relatos de filas quilométricas no entorno dos locais de aplicação.

Inclusive, no campus da Unigranrio, onde a reportagem está presente, a fila dava voltas e mais voltas. Isso faltando apenas 20 minutos para o fechamento dos portões.

Resultado disso: membros da organização do concurso começaram a gritar avisando que quem não corresse, mesmo que pelo meio da rua, não iria entrar.

A partir daí, começou o desespero dos candidatos. A correria na rua e entre os carros fez com que os próprios candidatos corressem perigo.

Na calçada, os pais, amigos e conhecidos gritavam aflitos para que fossem ágeis e conseguissem entrar antes do fechamento dos portões.

Para a sorte de todos e pela saúde dos pais que acompanhavam a situação de fora, todos entraram a tempo.

Candidatos avaliam prova e elogiam tema da redação

A partir das 16h, os portões foram abertos e os candidatos começaram a deixar os locais. No entanto, a saída era de maneira discreta e o concurso dava sinal de que muitos ficariam até o final.

A reportagem da Folha Dirigida conversou com alguns candidatos, que avaliaram a prova. Para surpresa de quase ninguém, Matemática foi elegida a disciplina que veio com o nível lá em cima.

Um dos primeiros a deixar a prova, Rogério (19), diz que o nível estava acima dos anos anteriores e que Matemática veio “rasgando tudo”. Ele elencou Língua Portuguesa como a disciplina mais fácil de todo o exame.

Outro candidato que classificou a disciplina de Matemática como difícil foi Lucas (20), mas para ele História foi a disciplina “mais suave”.

O seu chará Lucas Silva (21), por sua vez, não achou tão difícil como os demais. Ele diz que já esperava esse tipo de cobrança e vem de outras duas tentativas.

“Não achei a prova tão difícil, mas acho que é porque eu já esperava. É o terceiro ano que eu faço. Vamos botar aí que ela estava mediana. E o tema da redação foi espetacular. Acho que fui muito bem.

Para Maria Eduarda (19), a prova da ESA deste ano veio diferente dos anos anteriores. “Geralmente é mais objetiva. Este ano foi totalmente fora do padrão e pegou muita gente de surpresa”, diz a candidata.

Ela também elogiou o tema da redação e diz que Matemática foi a disciplina que estava mais complexa, com temas elevados. Segundo ela, estava a nível EsPCEx, que é um concurso para oficiais.

Redação da ESA trouxe a importância da leitura

Todos os candidatos tiveram um ponto em comum: o gosto pelo tema da redação.

E foi unânime. Não teve um candidato, de todos ouvidos por Folha Dirigida, que não tenha gostado do tema, que foi:

“A importância da leitura para o aprimoramento pessoal e profissional”

reprodução
Concurso da ESA traz tema de redação sobre importância da leitura
(Reprodução)

Gabaritos saem nesta terça, 5

Os gabaritos preliminares das provas do concurso da ESA estão previstos para serem divulgados na próxima terça-feira, 5. Os documentos estarão disponíveis no portal do candidato no site da própria escola .

Serão aceitos pedidos de recursos durante os dias 6 e 7 de outubro, também online.

De acordo com o edital, a divulgação do resultado dos pedidos de revisão das questões objetivas será publicado até 20 de outubro.

O que pode levar para as provas da ESA?

Aquela velha mensagem do que pode e o que não pode levar para a prova nunca é demais, né? Por isso, confira abaixo a lista dos proibidos e permitidos para que você não seja eliminado de bobeira do concurso.

Os candidatos não podem esquecer de levar um documento de identificação original e com foto para apresentar no momento de entrada.

yes Serão permitidos: carteira de identidade expedida pelo (a) Ministério da Defesa, Marinha do Brasil, Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira, Secretaria Estadual de Segurança Pública, 35 Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar ou por órgãos fiscalizadores de exercício profissional (tais como ordens e conselhos); carteira funcional do Ministério Público; carteira funcional expedida por órgão público que, por lei federal, seja válida como identidade; Carteira Nacional de Habilitação com fotografia; Passaporte Internacional ou Carteira de Trabalho.

O candidato precisa se atentar para que o documento esteja em boas condições, permitindo a clareza e sua total identificação, pois será rejeitado quando:

  • a fotografia do documento não permitir a identificação inequívoca do seu portador, por ser de má qualidade, por ser muito antiga, por estar danificada e/ou deteriorada ou manchada;
  • os dados do documento estiverem adulterados, rasurados ou danificados.

Será obrigatório, também, o uso de caneta esferográfica com tinta PRETA ou AZUL para preenchimento da folha de respostas e para a realização da redação.

no Não será permitido: portar armas, gorros, chapéus, bonés ou similares, bolsas, mochilas, livros, impressos, anotações, folhas avulsas de qualquer tipo, bem como qualquer aparelho eletroeletrônico, tais como máquinas fotográficas, calculadoras ou similares, TELEFONES CELULARES, players e similares, aparelhos radiotransmissores, receptores de mensagens, relógios com calculadoras, smartwatch, gravadores, tablets, laptops ou qualquer tipo de material não autorizado no Manual do Candidato.

É recomendável, ainda, que o candidato compareça com o cartão de inscrição impresso para facilitar sua identificação no interior do local de prova. Além disso, alguns polos necessitam que o candidato leve prancheta, mas isso vem especificado no documento de inscrição junto ao local de prova.

(Foto: Lane Barreto/Ministério da Defesa)
Provas da ESA acontecem neste domingo para 126 mil inscritos
(Foto: Lane Barreto/Ministério da Defesa)

O que cai na prova da ESA?

Como os candidatos já sabem, o concurso da ESA é sempre composto por diversas etapas. E a primeira é composta pelas provas escritas, na qual é aplicado o exame objetivo e a redação. Ambos têm caráter eliminatório e classificatório.

Neste dia, a prova do candidato pode ser dividida em até seis partes, de acordo com a função escolhida para concorre, de acordo com a distribuição a seguir:

  • 1ª parte – Prova de Matemática (12 questões para áreas Geral/Aviação e oito para as áreas Música/Saúde);
  • 2ª parte – Prova de Português (12 e oitos questões, respectivamente);
  • 3ª parte – Prova de História e Geografia do Brasil (12 e seis questões de cada disciplina para área Geral/Aviação e oito e quatro questões de cada disciplina para as áreas de Música/Saúde);
  • 4ª parte – Prova de Inglês (quatro questões para área Geral/Aviação e quatro para as áreas de Música/Saúde);
  • 5ª parte – Prova de Conhecimentos Específicos da área técnica de Enfermagem, na área de Saúde (12 questões) e Prova de Teoria Musical para a área de Música (12);
  • 6ª parte – Prova de Português (questão única discursiva/redação).

O que precisa para ser aprovado no concurso da ESA?

Para ser aprovado nessa primeira fase, o candidato precisará obter, no mínimo, 50% de acertos do total das questões de cada uma das partes da prova, exceto a parte de Inglês, sendo necessário obter pelo menos 25% de acertos.

Já na prova de redação, os candidatos precisam alcançar uma nota igual ou superior a cinco para ser considerado aprovado.

Quais serão as próximas fases do concurso ESA?

Os habilitados serão convocados para as próximas etapas, que serão:

  • avaliação de títulos;
  • exame de habilitação musical (para os candidatos da área de Música);
  • investigação social;
  • exame de aptidão física preliminar;
  • revisão médica;
  • exame de aptidão física definitivo;
  • comprovação através da heteroidentificação, para os candidatos que se autodeclararem pretos ou pardos no ato da inscrição.

Concurso ESA soma 126 mil inscritos

A Escola de Sargento das Armas confirmou que o concurso 2021 da ESA reúne mais de 126 mil inscritos, somando todas as áreas.

Ao todo, 126.393 candidatos. Desses, são 95.416 homens e 30.977 mulheres.

Veja os inscritos por cargo

Área Masculino Feminino Total
Geral/Aviação 91.944 26.450 118.394
Música 1.970 405 2.375
Saúde 1.502 4.122 5.624
Total 95.416 30.977 126.393

O que é preciso para ingressar na ESA?

Para concorrer ao concurso da ESA será necessário ter o nível médio completo com idade entre 17 e 24 anos para a área Geral/Aviação, e entre 17 e 26 anos para as áreas de Música e Saúde.

É exigida ainda altura mínima de 1,60m para homens, sendo que esta limitação não se aplica aos candidatos com até 17 anos, desde que possuam a altura mínima de 1,57m e exame especializado revelando a possibilidade do crescimento.

No caso das mulheres o Exército exige altura mínima de 1,55m. Os menores de 18 anos que concorrerem às vagas deverão estar autorizados por seu responsável legal a submeter-se ao concurso e, caso seja aprovado e classificado nas vagas estabelecidas, a ser matriculado no curso de formação.

Além das exigências mencionadas, candidatos à área de Saúde devem ter também concluído o curso de técnico em enfermagem até a data de sua apresentação na organização militar.

Para a área de Música, é necessário comprovar a habilidade na execução de partituras com o instrumento musical correspondente a um dos naipes abrangidos pelas vagas.

Concurso ESA tem 1.100 vagas em 2021

Publicado em abril, o edital do concurso ESA trouxe mais uma vez a oferta de 1.100 vagas para as três áreas. As oportunidades são para quem tem o nível médio, divididas para homens e mulheres. A remuneração é de R$5.049 e as áreas contempladas são Geral, Saúde e Música.

O soldo inicial para a patente de 3º sargento é de R$3.825, acrescido dos adicionais militar e de especialização, fazendo a remuneração final chegar até R$ 5.049.

As oportunidades são para os cursos de formação e graduação de sargentos, para o ano 2022, nas áreas Geral/Aviação, Música e Saúde, com a seguinte distribuição:

  • 900 para os candidatos do sexo masculino (área Geral/Aviação) – sendo 180 destinadas à cota de negros;
  • 100 para as candidatas do sexo feminino (área Geral/Aviação) – sendo 20 destinadas à cota de negros;
  • 55 para os candidatos da área de Saúde;
  • 45 para área música, divididas entre os seguintes instrumentos:
    Clarineta em MIB/Clarineta em SIB – 11 vagas;
    ~ Flauta em Dó/Flautim em Dó – duas vagas;
    Saxhorne Barítono em SIB/Saxhorne Baixo em SIB – seis vagas;
    ~ Saxofone em MIB/Saxofone em SIB – quatro vagas;
    ~ Tímpanos, Bombo, Pratos, Tarol e Caixa Surda – duas vagas;
    ~ Trombone Tenor em SIB (de vara)/Trombone Baixo em SIB (de vara) – sete vagas;
    ~ Trompa em Fá – uma vaga;
    ~ Trompete em MIB/SIB – Cornetim em SIB / Flueglhorne em SIB – dez vagas; e
    Tuba em MIB/Tuba em SIB – duas vagas.
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!