27.8 C
Rio Branco
14 outubro 2021 1:03 am

Concurso ICMBio: o que foi cobrado no último edital?

Com novo concurso ICMBio autorizado, saiba quais disciplinas foram cobradas no último edital para técnicos e analistas.

POR FOLHA DIRIGIDA

Última atualização em 04/10/2021 09:00

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade tem autorização para realizar um novo concurso ICMBio para efetivos. O aval é para preenchimento de 171 oportunidades em cargos dos níveis médio e superior.

Diante da estabilidade e dos salários iniciais de até R$8 mil, o concurso deve atrair um número significativo de inscritos. Por isso, quem deseja uma vaga deve começar os estudos o quanto antes.

Uma boa forma de preparação enquanto o novo edital não é publicado é verificar o que foi cobrado no concurso anterior. Folha Dirigida reuniu as informações a seguir. Confira!

Quando foi o último concurso do ICMBio? 

Em 2014, o ICMBio realizou seu último concurso para efetivos.  Ao todo, foram abertas 271 vagas para técnico administrativo e técnico ambiental, cargos de nível médio. Além de analista administrativo e analista ambiental, de nível superior.

Além das oportunidades imediatas, foram chamados 163 excedentes, totalizando 434 convocações de aprovados para posse. O Cebraspe (Cespe/UnB) foi o organizadora da seleção.

Os candidatos foram avaliados por prova objetiva e redação. Foram dois exames objetivos, um de Conhecimentos Básicos e outro de Conhecimentos Específicos. Veja a distribuição:

Conhecimentos Básicos (comuns a todos os cargos): 50 questões

enlightenedClique em cada uma das disciplinas acima para ver o conteúdo programático na íntegra!

Conhecimentos Específicos: 70 questões

As questões foram sobre temas relativos a cada cargo:

  • Técnico Administrativo:
    • Noções de Administração
  • Técnico Ambiental:
    • Estratégias para conservação da diversidade biológica
    • Estratégias de conservação de hábitats e de espécies
    • Estrutura de populações e manejo sustentável de fauna na natureza e em semiliberdade
    • Ecologia da paisagem
    • Biomas e fitofisionomias brasileiros: características e evolução da fauna e flora
    • Desenvolvimento econômico do país e conservação da biodiversidade amazônica
    • Política Nacional da Biodiversidade, Decreto nº 4.339/2002
    • Decreto nº 2.519/1998
    • Acesso ao Patrimônio Genético
    • Lei nº 12.651/2012 e Lei nº 12.727/2012 – Ordenamento dos recursos florestais: Código Florestal Brasileiro e suas alterações
    • Lei nº 11.284/2006 (títulos I, II e III e V); Resolução CONAMA nº 378/2006; Resolução CONAMA nº 379/2006
    • Manejo florestal sustentável; valoração ambiental e florestal
    • Recuperação de áreas degradadas
    • Aquecimento global e sequestro de carbono
    • Concessão florestal
    • Desmatamento, corte seletivo
    • Monitoramento ambiental
    • Proteção florestal (prevenção e combate a incêndios florestais), legislação aplicada ao uso do fogo
    • Conceitos básicos de cartografia. 21 Lei nº 9.605/1998
    • Decreto nº 6.514/2008
    • Lei Complementar nº 140/2011
    • Gestão e manejo de UC: conselho gestor (consultivo e deliberativo), plano de manejo; zona de amortecimento, uso público
    • Política Nacional de Povos e Comunidades Tradicionais, Decreto nº 6.040/2007
    • Lei nº 9.985/2000 e Decreto nº 4.340/2002 – Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC)
    • Plano Estratégico Nacional de Áreas Protegidas (PNAP), Decreto nº 5.758/2006
    • Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 (artigos 1º ao 5º)
    • Lei nº 11.516/2007
    • Política Nacional de Educação Ambiental – PNEA, Lei nº 9.795/1999 e Decreto nº 4.281/2002
    • Programa Nacional de Educação Ambiental – ProNEA. Lei nº 12.512/2011 e Decreto nº 7.572/2011 (Bolsa Verde)
    • Lei de ATER, Lei nº 12.188/2010 e Decreto nº 7.215/2010
  • Analista Administrativo:
    • Administração geral
    • Administração Financeira e Orçamentária e Orçamento Público
    • Administração de Recursos Materiais
  • Analista Ambiental:
    • Ecologia, conservação e manejo da biodiversidade
    • Biodiversidade, zoologia, botânica e história natural
    • Recursos florestais
    • Proteção, controle e monitoramento ambiental
    • Planejamento e gestão de UC
    • Aspectos históricos e sociais da ocupação humana na região do complexo Tapajós
    • Povos e comunidades tradicionais e a conservação da Biodiversidade.

Os candidatos ainda tiveram que passar por provas discursivas. Foi necessário elaborar um texto dissertativo, de até 30 linhas, sobre Conhecimentos Específicos dos respectivos cargos.

Apenas para analista ambiental a redação foi acerca de tópico(s) extraído(s) do objeto de avaliação “Aspectos históricos e sociais da ocupação humana na região do Complexo Tapajós”.

Quais foram os critérios para aprovação no último concurso?

Conforme o edital do concurso ICMBio 2014, foi eliminado na prova objetiva quem se enquadrou em pelo menos um dos itens a seguir:

  • Obteve nota inferior a 10,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos básicos P1;
  • Obteve nota inferior a 21,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos P2;
  • Obteve nota inferior a 36,00 pontos no conjunto das provas objetivas.

Somente tiveram a prova discursiva corrigida os concorrentes com as melhores pontuações na objetiva. As redações, por sua vez, tiveram valor máximo de 20 pontos, sendo eliminado quem atingisse menos de 10 pontos.

Concurso ICMBio: veja requisitos e salários do novo edital

No último dia 6 de setembro, o Governo Federal autorizou a abertura de novo concurso ICMBio com 171 vagas. Desse quantitativo, 110 chances serão para técnico ambiental, com exigência de ensino médio completo. Os salários iniciais são de R$4.063,34.

As outras 61 oportunidades serão para analista ambiental, cargo de nível superior. Os ganhos, após a aprovação no concurso, são de R$8.547,64. Confira a distribuição das oportunidades autorizadas na íntegra:

CARGO  ESCOLARIDADE   REMUNERAÇÃO*   VAGAS 
Técnico ambiental Nível médio R$4.063,34 110
 Analista ambiental  Nível superior R$8.547,64 61

*Os valores incluem vencimento básico, além de auxílio-alimentação de R$458 e a gratificação de desempenho de 80 pontos.

Os novos servidores atuarão em ações relativas ao licenciamento ambiental, ao controle de qualidade ambiental, à autorização de uso dos recursos naturais e, principalmente, à fiscalização, monitoramento e controle ambiental. Sobretudo na Amazônia Legal.

Conforme a portaria que autorizou o concurso, o edital precisa ser divulgado em até seis meses, isto é, até 6 de março de 2022. É possível, no entanto, que esse prazo seja encurtado, com chances de as regras da seleção serem divulgadas em 2021.

O ICMBio já iniciou os trâmites para o edital. Ao todo, seis bancas já foram convidadas a apresentarem suas propostas para organização da seleção. Foram elas:

  • Cebraspe;
  • Fundação Cesgranrio;
  • Fundação Carlos Chagas (FCC);
  • Fundação Getulio Vargas (FGV);
  • Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades);
  • Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

Os nomes constam no Sistema Eletrônico de Informações (SEI) do próprio instituto. Caso se interessem, as bancas deverão enviar suas propostas e documentações para o ICMBio.

Confira os tópicos cobrados em cada disciplina de Conhecimentos Básicos no concurso ICMBio 2014:

LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Domínio da ortografia oficial. 2.1 Emprego das letras. 2.2 Emprego da acentuação gráfica. 3 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 3.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e outros elementos de sequenciação textual. 3.2 Emprego/correlação de tempos e modos verbais. 4 Domínio da estrutura morfossintática do período. 4.1 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 4.2 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 4.3 Emprego dos sinais de pontuação. 4.4 Concordância verbal e nominal. 4.5 Emprego do sinal indicativo de crase. 4.6 Colocação dos pronomes átonos.5 Reescritura de frases e parágrafos do texto. 5.1 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 5.2 Retextualização de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 6 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 6.1 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 6.2 Adequação do formato do texto ao gênero.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 1 Noções de sistema operacional (ambientes Linux e Windows). 2 Edição de textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office e BrOffice). 3 Redes de computadores. 3.1 Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de i nternet e intranet. 3.2 Programas de navegação (Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome ). 3.3 Programas de correio eletrônico (Outlook Express e Mozilla Thunderbird). 3.4 Sítios de busca e pesquisa na Internet. 3.5 Grupos de discussão. 3.6 Redes sociais. 3.7 Computação na nuvem (cloud computing). 4Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. 5 Segurança da informação. 5.1 Procedimentos de segurança. 5.2 Noções de vírus, worms e pragas virtuais. 5.3 Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, anti-spyware etc.). 5.4 Procedimentos de backup. 5.5 Armazenamento de dados na nuvem (cloud storage).

ATUALIDADES: 1 Tópicos relevantes e atuais acerca de temáticas relacionadas a segurança, transportes, política, economia, sociedade, educação, saúde, cultura, tecnologia, energia, relações internacionais, meio ambiente e desenvolvimento sustentável.

LEGISLAÇÃO: 1 Lei nº 11.516/2007, Decreto nº 7.515/2011, Lei nº 8.112/1990, Lei nº 9.784/1999, 2 Lei nº 12.527/2011. 3 Decreto nº 5.707/2006. 4 Decreto nº 7.133/2010.

ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: 1 Ética e moral. 2 Ética, princípios e valores. 3 Ética e democracia: exercício da cidadania. 4 Ética e função pública. 5 Ética no Setor Público. 5.1 Código de Ética Profissional do Serviço Público – Decreto nº 1.171/1994. 5.2 Lei nº 8.112/1990 e alterações: regime disciplinar (deveres e proibições, acumulação, responsabilidades, penalidades). 5.3 Lei nº 8.429/1992: das disposições gerais, dos atos de improbidade administrativa.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.