26.3 C
Rio Branco
13 outubro 2021 10:52 am

Condenado pela morte de Eliza Samúdio, goleiro Bruno desiste de aposentadoria e vai defender time no Rio

POR O DIA

Última atualização em 06/10/2021 18:23

Rio – O Goleiro Bruno voltou atrás na ideia de se aposentar do futebol. O arqueiro, agora com 36 anos, foi contratado pelo time de futebol amador Cidade Nova, de Iguaba Grande, no Rio de Janeiro. Em maio deste ano, ele havia anunciado a aposentadoria dos gramados para se dedicar ao mercado financeiro. As informações são do portal “BNews”.

Ainda cumprindo pena pela morte de Eliza Samudio, o jogador mora na Região Lagos. Em foto publicada nas redes sociais, Bruno aparece com o uniforme do time. “Agradecer a todo carinho, confiança e respeito da equipe e família cidade nova!”, comentou o goleiro na publicação.

Fora dos gramados, o goleiro está sendo processado pela Avó materna do seu filho, Bruno Samudio, de 11 anos. Sônia, a avó, alega que o filho do atleta não está recebendo pensão alimentícia: “O processo de pensão alimentícia foi aberto quando minha filha ainda estava viva. Até hoje, Bruno não depositou um centavo para o filho. Nenhum oficial de Justiça consegue citá-lo. O curioso que até eu tenho o endereço dele e o judiciário não… Tentei receber para meu neto o auxílio reclusão que os filhos de preso têm direito e isso também foi negado. Todos os direitos do Bruninho foram violados desde antes de seu nascimento”, declarou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.