33.3 C
Rio Branco
13 outubro 2021 11:08 am

Cúpula do Congresso se une em manobra para limitar candidaturas em 2022

Presidente do Senado passou por cima de texto aprovado em plenário após pressão de presidente da Câmara

POR IG

Última atualização em 08/10/2021 15:39

As cúpulas da Câmara e do Senado Federal passaram por cima de uma regra para alterar um projeto sem submetê-lo aos pares. A medida favorece caciques partidários ao limitar o número de candidatos que cada partido vai poder lançar ao Legislativo nas eleições de 2022.

Segundo a Folha de S. Paulo, no dia 23 de setembro, o Senado mandou o projeto 783/2021, aprovado em plenário, para o Palácio do Planalto. No entanto, no último dia 30, encaminhou uma nova versão do texto, sem apreciação do plenário da Casa.

A publicação explica que eventuais correções nos textos podem ocorrer quando a redação final feita pelos técnicos do Congresso não corresponde ao que foi, de fato, aprovado pelos parlamentares. Mas não é o caso do projeto em questão. Permitir que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) limitasse o número de candidatos nas eleições de 2022, como fez o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) , não estava previsto na versão anterior do projeto.

Leia a matéria completa AQUI! 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.