32.3 C
Rio Branco
29 novembro 2021 3:00 pm

Enaex 2021 debate a competitividade do Brasil no comércio exterior

O maior evento de comércio exterior do Brasil, que tem o patrocínio da CNC, discute a importância das reformas tributária e administrativa

POR ASCOM

Última atualização em 15/10/2021 11:27

Começou nesta quinta-feira, 14, o 40ª Enaex 2021 – Encontro Nacional de Comércio Exterior . O evento, on-line, promovido pela Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), discute o tema ‘Reformar para crescer’, um debate amplo sobre a importância das reformas tributária e administrativa para desburocratizar como exportações brasileiras, dinamizar a máquina pública e garantir mais lado ao país.

O encontro tem o patrocínio da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), juntamente com outras instituições e empresas. No discurso de abertura, o presidente José Roberto Tadros ressaltou a parceria histórica com a AEB, que além de promover o maior evento de comércio exterior do Brasil e um dos maiores da América Latina, vem contribuindo para fomento das exportações do comércio.

Tadros reforçou a importância de um sistema tributário justo, no qual a sociedade não sofra com burocracias cansativas, e de uma reforma administrativa que traga eficiência ao Estado, com quadros preparados para o papel que desempenham.

“Tudo isso afeta o comércio exterior, pois torna o Brasil mais competitivo”, disse o presidente. “A palavra de ordem é exibida. No que depender do CNC, do sistema Comércio e da AEB, o Brasil certamente alcançará o seu lugar no comércio exterior mundial ”.

O presidente da AEB, José Augusto de Castro, enalteceu o apoio do CNC ao Enaex 2021 e ressaltou a importância dessa parceria no projeto de expansão das exportações do comércio brasileiro. Em seu pronunciamento, ele chamou a atenção para os excelentes resultados das exportações deste ano e para o cenário de novas oportunidades para o Brasil, em meio à crise de abastecimento e de energia, sobretudo na China.

Castro explicou que o tema ‘Reformar para crescer’ visa discutir os impactos do ‘Custo Brasil’ sobre os setores econômicos e a importância de se manter uma agenda reformista proposta pelo governo, especialmente como reformas tributária e administrativa. “Esperamos que sejam elas como próximo a aprovadas pelo Congresso Nacional, pois é indispensável e imperiosa a necessidade de reduzirmos os custos de logística”, afirmou.

O 40º Enaex vai até sexta-feira (15) com palestras, debates e painéis sobre logística, custo Brasil, reformas ocorridas, mas, entre outros temas, com a participação de representantes, representantes de entidades do comércio, da indústria e representantes de órgãos do governo federal ligados à economia.

** Com informações da CNC

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!