26.3 C
Rio Branco
13 outubro 2021 10:49 am

Jovem fica em estado vegetativo após acidente causado por Luísa Mell

Família da vítima alega que a apresentadora não prestou a assistência necessária

POR O DIA

Última atualização em 08/10/2021 18:54

Um grave acidente envolvendo a ativista dos direitos dos animais, Luísa Mell, que aconteceu há 13 anos, em São Paulo, deixou uma das vítimas em estado vegetativo, segundo informações do jornalista Erlan Bastos, do site Em OFF. Em 29 de julho de 2008, Luísa trafegava em sua Mitsubishi Pajero pela Avenida Francisco Morato e, ao pegar a esquerda da via para acessar a Avenida Jorge João Saad, a apresentadora acabou fechando uma moto que transportava duas pessoas.

Na moto estavam Marcelo Leal de Freitas (condutor), na época com 21 anos, e a então adolescente de 17 anos, Bruna da Silva Viana. Após a fechada de Luísa Mell, Bruno perdeu o controle da motocicleta e acabou batendo em poste. Bruna foi arremessada para longe do local da colisão e os dois foram levados ao Hospital das Clínicas, na Zona Oeste de São Paulo.

Segundo a publicação, Marcelo passou por uma cirurgia ortopédica e logo teve alta. Bruna, no entanto, não teve a mesma sorte e ficou internada em estado grave e chegou, inclusive, a correr risco de morte. Ela passou quase um mês na UTI do Hospital das Clínicas e depois ainda ficou mais três meses internada no Hospital Auxiliar de Suzano. Hoje, com 30 anos, Bruna segue em estado vegetativo, se alimentando por sonda e sob cuidado integral de seus familiares.

Dois anos após o acidente, a família de Bruna chegou a fazer um desabafo nas redes sociais e falou da falta de apoio prestado por Luísa Mell. “Entramos em contato com a apresentadora Luísa Mell para saber se ela iria ajudar com a compra da cama, cadeira de banho, cadeira de rodas, fralda e materiais de cuidados de enfermagem. Logo, ela falou que iria ajudar sim, mas nós teríamos que retirar o processo criminal que movíamos contra ela. Naquele momento nós estávamos sofrendo muito, precisávamos da ajuda dela, mas ela estava preocupada somente com a imagem de artista dela. Não nos ajudou”, disse a família na publicação feita em rede social.

Os familiares disseram ainda que Luísa Mell chegou a visitar Bruna com a promessa de que iria ajudá-la, mas nunca cumpriu com o prometido. “No dia 9 de dezembro de 2008, Luísa veio à nossa casa com várias promessas que só iria cumprir se nós tirássemos o processo contra ela. Nós somente queríamos a assistência para a Bruna, não estávamos preocupados com o processo, por isso nós queríamos um acordo sim, mas ela não se comprometeu através de algo assinado no papel. Ela chegou a nos ajudar com algumas fraldas e uma órtese para Bruna no começo, mas a partir de janeiro de 2009 ela ligou e pediu para nós não pedirmos mais ajuda nenhuma para a Bruna, pois a partir daquele dia ela somente iria ajudar após decisão judicial”, narraram os parentes da vítima.

Em entrevista ao Em Off, a mãe de Bruna, dona Maria, falou sobre a situação da filha atualmente, após 13 anos do acidente. “Nossa vida parou desde o dia do acidente. O irmão da Bruna tinha 15 anos, na época, e hoje está com 28. Nesse tempo todo ele se dedicou a me ajudar a cuidar dela. Tenho mais de 50 anos, mas minha aparência hoje é de 90”, desabafou a matriarca.

Atualmente a família, que mora no Embu das Artes, na Região Metropolitana de São Paulo, conta com doações, através de uma vaquinha online, para continuar com os cuidados necessários de Bruna. Para doar, clique AQUI.
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!