24.3 C
Rio Branco
29 novembro 2021 9:00 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Justiça recebe denúncia contra ex-prefeito e outros oito em operação que apura desvio de R$ 23 milhões em cidade de MS

Maurílio Ferreira Azambuja e outras 8 pessoas viraram réus e devem responder por crimes como organização criminosa, falsidade ideológica, peculato, emprego irregular de verbas e lavagem/ocultação de valores.

POR G1

A 2ª Vara Criminal de Maracaju recebeu a denúncia do Ministério Público e transformou em réus o ex-prefeito da cidade, Maurílio Ferreira Azambuja, e outros 8 indiciados pelo Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco) na Operação “Dark Money”, que apura um suposto desvio de R$ 23 milhões dos cofres públicos do município.

Com isso, Maurílio e outros oito servidores públicos de alto escalão devem responder criminalmente por crimes como organização criminosa, falsidade ideológica, peculato, emprego irregular de verbas ou rendas públicas e lavagem/ocultação de valores. As irregularidades teriam ocorrido no executivo municipal no exercício de 2019/2020.

As investigações da Operação “Dark Money”, deflagrada em setembro deste ano, realizadas pela Polícia Civil com informações do Laboratório de Lavagem de Dinheiro (LAB-LD), apontam que foi criada em Maracaju uma conta bancária de fachada, por onde eram feitos pagamentos em cheques a empresas, por integrantes do alto escalão da prefeitura.

As empresas beneficiadas não mantinham relação jurídica com o município e não havia emissão de notas fiscais. Além disso, os valores não eram submetidos a empenho de despesas pela prefeitura. Em menos de 1 ano foram feitos, de acordo com o Dracco, mais de 150 repasses e emitidos 600 cheques que totalizaram R$ 23 milhões.

As investigações apontam, entretanto, que a parte das empresas investigadas poderiam ter sido na realidade vítimas da organização criminosa, na medida em que os títulos de crédito emitidos foram endossados mediante a falsificação da assinatura do responsável pela empresa, bem como o carimbo da mesma.

A próxima fase da agora ação penal via processo é a citação dos réus para apresentarem defesa.

Leia mais em G1, clique AQUI! 

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.