33.3 C
Rio Branco
13 outubro 2021 11:51 am

Malafaia acusa Ciro Nogueira, Fábio Faria e Flávia Arruda de serem contra Mendonça no STF

POR METRÓPOLES

Última atualização em 11/10/2021 12:49

O pastor evangélico Silas Malafaia subiu o tom e cobrou dos ministros Ciro Nogueira (Casa Civil), Fábio Faria (Comunicações) e Flávia Arruda (Secretaria de Governo) apoio explícito à indicação de André Mendonça ao Supremo Tribunal Federal (STF).

“Não é pastor que está indicando. É uma vergonha, um preconceito e uma tremenda de uma safadeza. São ministros políticos e são obrigados a defender a indicação do presidente Bolsonaro e a trabalhar a favor de André Mendonça”, esbravejou o bispo nesta segunda-feira (11/10), em vídeo publicado no YouTube.

Malafaia alega no vídeo que os evangélicos não indicaram o ex-advogado-geral da União e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública ao posto. “A indicação foi do presidente Jair Messias Bolsonaro”, afirmou, em vídeo, mostrando irritação.

Para Silas, os ministros palacianos, que são os mais próximos do presidente, são obrigados a entrar na defesa de Mendonça.

Segundo a versão de Malafaia, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) apenas consultou religiosos se Mendonça seria “terrivelmente evangélico”.

Leia mais em Metrópoles, clicando AQUI.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.