27.3 C
Rio Branco
26 novembro 2021 6:43 pm

‘O que há é um abismo entre o discurso deles e a prática’, diz Erick Venâncio

POR ASCOM

Última atualização em 19/10/2021 19:01

“Dizem que há um abismo entre a instituição e a nossa classe. Mas o que a gente vê, na verdade, é o abismo entre o discurso deles e a prática”. Foram com essas palavras e o demonstrativo das centenas de ações desenvolvidas nos últimos três anos que o atual presidente e pré-candidato à reeleição da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre (OAB/AC), Erick Venâncio, falou sobre o trabalho desempenhado pela classe e os projetos para o futuro em entrevista concedida à Rádio Gazeta FM.

O representante foi sabatinado pelos jornalistas Tiago Martinello e Brenna Amâncio no “Jornal Gazeta 93” na manhã desta terça-feira, 19. Ao longo da conversa, ele destacou que mesmo com a pandemia de Covid-19, a atual gestão da OAB/AC desenvolveu ações emergenciais para atender os profissionais prejudicados pela chegada do coronavírus e a continuidade de trabalhos como a luta pelo aumento dos honorários, defesa intransigente das prerrogativas profissionais e atos de desagravos.

“Tivemos uma gestão muito complicada com o abalo que a pandemia trouxe, mas isso não foi desculpa para que não trabalhássemos. Criamos as centrais de Alvarás, que já realizou mais de oito mil atendimentos; de TI, com suporte à advocacia sobre os sistemas eletrônicos de diferentes tribunais; de Prazos, para combater a morosidade do Judiciário, construímos e reformamos mais de 40 parlatórios em todo o estado e fizemos testagem de Covid-19 em massa”, detalhou o presidente.

Venâncio ainda lembrou a vacinação contra a H1N1 de mais de dois mil operadores do Direito e dependentes, que auxiliou no combate à pandemia; a concessão de mais de 300 auxílios pela Caixa de Assistência dos Advogados do Acre (CAA/AC), que durante os cinco anos da gestão anterior chegou apenas a 10; ampliação no número de convênios, que saltou de 146 em janeiro de 2019 para mais de 670 em setembro deste ano; a instituição do Escritório Compartilhado e várias outras ações concretas.

“Não vamos estagnar no passado e focaremos no futuro. Temos um novo Judiciário, que instituiu uma nova maneira de trabalhar sobre a qual vivíamos, e temos que nos adaptar a ele criando recursos. Mas também é preciso nos insurgir quando essas inovações vierem contra as prerrogativas profissionais ou para nos desfavorecer. É essa nova advocacia que queremos ajudar e este novo momento que queremos construir com melhorias ainda maiores para nossos pares de todo Acre”, reforçou o pré-candidato.

O atual presidente destacou que é preciso união, compromisso e seriedade entre toda a advocacia acreana para que as realizações que precisam ser implantadas sejam concretizadas. “Agressões pessoais em nada contribuem para este momento, precisamos estar uníssonos para enfrentar os problemas que vivemos. É preciso facilitar cada vez mais o dia a dia da advogada e do advogado. Gestão, empreendedorismo e inovação é um trabalho junto à advocacia que já iniciamos neste mandato e fortaleceremos no próximo, caso tenhamos a honra de continuar”, finalizou Erick.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!