25.3 C
Rio Branco
4 dezembro 2021 10:19 pm

Parlamentares LGBTQIA+ vão ao MP de Minas contra Maurício Souza

Grupo de 20 parlamentares, entre senador, deputados e vereadores, protocola representação após posts homofóbicos de central e pede reunião com redes sociais

POR GLOBO ESPORTE

Última atualização em 29/10/2021 10:13

Um grupo de 20 parlamentares, representantes das causas LGBTQIA+, protocolou uma representação no Ministério Público de Minas Gerais contra Maurício Souza. O ato ocorre após posts homofóbicos nas redes sociais do central, que resultaram na demissão do central no Minas Tênis Clube. Entre os parlamentares, deputados, vereadores e um representante do senado. As informações são da colunista Mônica Bergamo.

– A discriminação é nítida e direta, porque decorrente da intenção explícita de humilhar e constranger toda a população LGBTQIA+, causando prejuízo no exercício adequado do direito fundamental à cidadania e risco aumentado de violência por discursos como este. O senhor Maurício Souza tem usado suas redes sociais há muito tempo para disseminar comentários ofensivos à comunidade LGBTQIA+, direta ou indiretamente – afirmam os parlamentares.

Leia mais em GE, clique AQUI! 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.