24.3 C
Rio Branco
28 novembro 2021 8:15 am

Psicólogo ensina como ser uma pessoa mais tranquila no trânsito

POR METRÓPOLES

Última atualização em 29/10/2021 12:47

Esta semana, durante uma batida de trânsito, um morador de Brasília teve um ataque de fúria e quebrou o carro de uma mulher, enquanto ela e suas filhas ainda estavam no veículo. Muita gente se perguntou, então, por que dirigir causa tanto estresse em algumas pessoas, e o que faz elas agirem assim. O Metrópoles conversou com um psicólogo para entender.

Não foi a primeira vez que brigas de trânsito acabaram com alguém prejudicado ou em tragédia. Infelizes situações como essa acontecem diariamente pelo mundo. De acordo com o psicólogo Igor Barros, essas reações podem estar relacionadas ao esforço de cada um para realizar ações. “Dirigir requer atenção e o cérebro se esforça para se concentrar nesse ato”, explica o especialista.

“Qualquer atitude que fuja do senso comum dessa direção para a pessoa, como passar por um buraco fundo e escutar a roda batendo, levar uma fechada ou até o ato de buzinar, se a pessoa estiver muito concentrada e se assusta, faz com que ela ative algumas sensações ruins e de reprovação no cérebro”, pontua Barros. “Alguns têm capacidade de, rapidamente, voltar ao seu estado normal, mas outras não”, relata.

Essa mudança de estado de humor faz com essas pessoas entrem em um estado de nervosismo, fruto de uma alta tensão, e fiquem mais agressivas.

Leia mais em Metrópoles.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.