33.3 C
Rio Branco
13 outubro 2021 4:08 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Sem finalizar convocações do cadastro de reserva, Gladson anuncia primeiro concurso de sua gestão

POR THIAGO CABRAL, DO CONTILNET

Cadastro de reserva

Se tem um abacaxi que Gladson tem tido dificuldade de descascar é a convocação dos aprovados em cadastro de reserva. Mesmo que esses aprovados tenham feito os concursos em gestões passadas, o abacaxi sobrou pra Gladson porque o próprio governador fez da convocação, promessa de campanha.

Convocando

Aos poucos, o governador vem convocando os aprovados. Só da PM, Gladson já convocou quase 400 pessoas. Na Educação, o governador também fez a convocação de outro tanto. Já para os aprovados no cadastro de reserva da Polícia Civil e do Idaf, a espera continua.

1º concurso

Com a pandemia atrapalhando os planos do governador em realizar o primeiro concurso de sua gestão, finalmente a hora chegou: Gladson anunciou na tarde de hoje a abertura de um certame com 322 vagas efetivas de nível médio e superior para o Instituto Socioeducativo do Estado do Acre (ISE).

Volta pra casa

Depois de quase uma semana de atividades parlamentares em Cruzeiro do Sul, os deputados estaduais finalmente vão voltar pra casa, a Aleac, em Rio Branco. A primeira sessão na volta para a Capital ocorre nesta terça-feira (5).

Vai render

Os assuntos que foram debatidos nas audiências públicas realizadas pela Casa em Cruzeiro do Sul, a agropecuária do Juruá e a construção da estrada ligando Cruzeiro do Sul à Pucallpa, no Peru, devem continuar rendendo na tribuna da Aleac amanhã.

Pucallpa

Realizada no último sábado (2) em Cruzeiro do Sul, a audiência pública sobre a estrada CZS/Pucallpa, reuniu entusiastas e críticos a ideia. Para o deputado Roberto Duarte (MDB), favorável a construção da estrada, “além de viabilizar mais uma ligação terrestre entre os dois países, a estrada garante novas relações comerciais e fomenta o desenvolvimento regional, gerando mais oportunidades de negócios, emprego e renda na região”.

Soberba

Na última sexta (1), enquanto estava em Sena Madureira, o governador Gladson Cameli disse ao prefeito do município, Mazinho Serafim (MDB), que ele não o apoiasse, ia “pra balsa”. No Twitter, o ex-senador Jorge Viana (PT) não gostou e acusou Gladson de soberba. “Muita soberba, né não?…. Se achando, hein!”, escreveu.

Volta às aulas

Acompanhado da secretária estadual de Educação, Socorro Neri, o governador Gladson Cameli foi até o município de Plácido de Castro acompanhar o retorno das aulas presenciais dos estadantes da rede estadual após quase dois anos de aulas virtuais. “O mundo ficou de joelhos para esse vírus e aqui no Acre não foi diferente. Porém, com muita coragem e determinação, o governo e os demais órgãos deram as mãos para superarmos essa pandemia. Infelizmente, tivemos muitos prejuízos, como foi a suspensão das aulas. Hoje, mais de um ano e meio depois, o retorno das aulas presenciais é uma vitória do povo acreano. Vamos recuperar o tempo perdido e seguir em frente buscando um futuro melhor e com mais oportunidades para nossas crianças”, afirmou o governador.

Offshores

A deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) vai encaminhar uma representação ao MPF para que investigue o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central, Roberto Carlos, sobre as offshores que ambos possuem nas Ilhas Virgens. Para a deputada acreana, há um “grave indício de interesses no exercício do cargo”.

Vai parar

Os médicos que atuam pelo município de Rio Branco ameaçam entrar em greve caso a prefeitura não dê uma resposta sobre a reformulação do Plano de Cargo, Carreira e Remuneração (PCCR). De acordo com o médico Guilherme Pulici, presidente do Sindmed-AC, o prefeito Tião Bocalom (PP) chegou a prometer melhorias durante a campanha eleitoral, mas, atualmente, parece não se preocupar com as reivindicações apresentadas.
“Há meses buscamos uma reunião com o responsável da pasta (da Saúde), apresentamos uma proposta, em julho, mas não houve retorno. Foram várias tentativas frustradas até que conseguíssemos realizar a entrega da minuta e, depois da apresentação, mais ninguém nos atendeu”, protestou.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.